Cinco bares para ouvir música acompanhado de bons drinques

Conheça bares e restaurantes da capital paulista que abrigam shows que vão desde jazz até MPB

24 de junho de 2022 | 05:00 por Cintia Oliveira, especial para o Estadão

Seja pelos mais de dois anos de pandemia, que deixou o público saudoso por shows presenciais, ou pela vocação cultural da cidade, o fato é que bares e restaurantes com programação musical da melhor qualidade têm se multiplicado pela capital paulista.

Negroni do Baretto, bar do Hotel Fasano 

Negroni do Baretto, bar do Hotel Fasano  Foto: Bruno Geraldi

Com atmosfera intimista e cardápio repleto de sugestões (leia-se bons drinques), esses locais são palco de apresentações que vão desde jazz até música brasileira. Vale lembrar que, dependendo do show, esses bares e restaurantes podem cobrar ingresso ou couvert artístico - sempre é bom conferir.

Blue Note 

A filial paulistana do clube de jazz nova-iorquino tem como marcas registradas a sua atmosfera intimista e a sua programação diversa, que contempla desde jazz até música brasileira. Repleto de nostalgia, o menu da chef Daniela França Pinto reúne sugestões que vão desde o coquetel de camarão (R$ 54) até o filé à Diana (mignon ao molho rôti servido com arroz piemontese, ervilhas frescas e cogumelo paris, R$ 65).

Blue Note, filial paulistana do clube de jazz nova-iorquino 

Blue Note, filial paulistana do clube de jazz nova-iorquino  Foto: Marcelo Ferreira

A carta de Derivan de Souza também reúne clássicos como o old fashioned (bourbon Buillet, xarope de açúcar, Angostura, laranja-baía e amarena, R$ 39). Nesta sexta (24) se apresentam Ida Nielsen & The Funkbots (R$ 160) e a banda Black Rio (R$ 90) - ingressos à venda pelo site Eventim. 

Onde: Avenida Paulista, 2073, Bela Vista. 94745-9694. 19h/ 23h 

 

Baretto 

O bar classudo, localizado no hotel Fasano, é palco de uma série de shows intimistas. Já recebeu ícones da música brasileira como Caetano Veloso e Ney Matogrosso e, na próxima terça (28), se apresentam Mônica Salmaso e Dori Caymmi (R$ 290) - ingressos à venda pelo Sympla.

Ambiente do Baretto, no Hotel Fasano em SP 

Ambiente do Baretto, no Hotel Fasano em SP  Foto: Bruno Geraldi

Entre as sugestões do menu, destaque para o carpaccio com patê de azeitonas pretas, alcaparras e pinolis (R$ 99) e a vitela à milanesa aperitivo (R$ 120). Na ala dos drinques, destaque para o dry martini (gim Tanqueray e vermute seco, R$ 56) e o negroni (gim Tanqueray, vermute rosso e aperitivo italiano, R$ 56).  

Onde: R. Vittorio Fasano, 88, Jardins. 3896-4000. 19h/ 3h (fecha dom.) 

 

Gioia 

Salão do novo Gioia 

Salão do novo Gioia  Foto: Tadeu Brunelli

Sob o comando de Gabriel Diniz Abrão (grupo Attivo), o endereço, que é um misto de restaurante e piano-bar, tem uma decoração exuberante, inspirada nos clubes nova-iorquinos. Ao som de jazz e blues, é possível provar algumas pedidas do cardápio, como o crudo de atum com berinjela defumada (R$ 48), o polpettine de cordeiro com ricota siciliana e menta (R$ 46) e o mac and cheese com trufas (R$ 120). Além dos coqueteis, o local oferece uma carta de vinhos caprichada, que reúne rótulos como o laranja Trebbiano on the Rock, da Era dos Ventos (R$ 320, a garrafa), na Serra Gaúcha. 

Onde: R. Dr. Melo Alves, 301, Jardins. 19h30/ 2h (fecha dom.)

 

 

Fechado Café Bar 

É preciso atravessar um corredor para ter acesso ao galpão de estilo industrial, onde funciona o Fechado. Misto de bar e cafeteria, o local funciona o dia todo e, entre as pedidas do chef Greigor Caisley, destaque para a omelete de kimchi, coentro e pimenta sriracha (R$ 29), o bolinho de arroz com pequi e chutney de tomate (R$ 34, porção com 6), além do arroz de frango com quiabo e cebola tostados (R$ 50).

Novo Fechado Bar conta com programação de jazz 

Novo Fechado Bar conta com programação de jazz  Foto: Sibaris

A coquetelaria fica por conta de Jean Ponce e Alice Guedes, que oferecem drinques como o jardim de alice (gim Jardim Botânico, grapefruit, laranja-baía, calda cítrica de camomila e licor de flor de sabugueiro, R$ 37). Às segundas, tem show de jazz no mezanino. 

Onde: R. Bela Cintra, 676, Consolação. 8h/ 0h (qui. a sáb. 8h/ 1h. fecha 3ª)

 

Barletta 

O restaurante especializado em cozinha italiana conta com um ambiente intimista, o cenário ideal para os shows de jazz com o Ricardo Baldacci Trio, que acontecem às quintas-feiras. Neste mês, tem programação musical especial aos sábados. E amanhã (25) se apresenta a cantora Lucy Brand.

Fachada do Barletta 

Fachada do Barletta  Foto: Gladstone Campos

O menu, repleto de clássicos, reúne sugestões como a bruschetta com queijo de cabra, tomate confitado e mel trufado (R$ 29), polvo grelhado ao vinagrete (R$ 71) e ravioli del plin (massa fresca recheada com abóbora e gengibre com fonduta de queijo taleggio, R$ 68). Para harmonizar, é possível escolher um dos 600 rótulos da loja da importadora Grand Cru, colada ao restaurante. 

Onde: Al. Tietê, 360, Jardins. 97103-6425. 12h/ 15h30 e 18h30/ 23h (sáb. 12h/ 16h e 19h/ 23h. dom. 12h/ 16h. fecha 2ª) 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?