Paladar

Conheça boas padarias artesanais fora das regiões centro e oeste

Também é possível encontrar pães feitos com capricho (e fermento natural) nas zonas norte, leste e sul da capital

Comente

23 de fevereiro de 2020 | 06:00 por Danielle Nagase e Renata Helena Rodrigues, O Estado de S.Paulo

A onda dos pães de fermentação natural não para de crescer e se espalhar pela capital paulista. Mas é bem verdade que muitas das padarias artesanais que pipocaram pela cidade nos últimos tempos se concentram nas regiões oeste (Pinheiros e arredores são especialistas no assunto) e no centro. Boa notícia para quem mora em outras partes da cidade? Isso está mudando. Novidades como a Panni, localizada na Água Fria, zona norte, estão chegando para reforçar a oferta de pães de qualidade fora do circuito mais gastronômico.

Veja abaixo outros cinco endereços para encontrar boas fornadas nas regiões norte, leste e sul de São Paulo.

Beth Bakery

Fundada pela engenheira Beth Viveiros, a padaria ocupa uma casa na Vila Mariana. Ali são oferecidos pães de fermentação natural que levam pelo menos 24 horas para ficarem prontos. Além de baguete e pão italiano, saem do forno receitas como a do pão de gorgonzola, do brioche e do australiano.

Onde: R. Paula Ney, 298, Vila Mariana. 10h/20h (sáb., até 18h; último domingo de cada mês, 10h/15h)

Pães da Beth Bakery, uma ótima opção na Vila Mariana.

Pães da Beth Bakery, uma ótima opção na Vila Mariana. Foto: Beth Viveiros

Marie Marie Bakery

A padaria criada em 2014 pelas irmãs Maria Daniela e Maria Gabriela Meneghini chama atenção não só pelos pães, mas também pelos folhados e bolos esculturais. Entre os pães rústicos elaborados com farinha francesa, destacam-se a baguete tradicional e o de vinho tinto com salame e nozes. 

Onde: R. Azevedo Soares, 2.532, Tatuapé, 2293-7260. 8h/19h (fecha dom.)

No Tatuapé, a Marie Marie Bakery assa bons pães e folhados.

No Tatuapé, a Marie Marie Bakery assa bons pães e folhados. Foto: Studio.primo

Mediterrain Padaria Artesanal

No quarteirão mais gastronômico do Campo Belo, assa pães cascudos fermentados naturalmente. Fazem sucesso o de gorgonzola com nozes e o de azeitona, que dividem atenção com folhados como pain au chocolat. Para um lanche, clientes pedem tartine de salmão defumado.

Onde: R. Gabriele D'Annunzio, 1.263, Campo Belo, 2306-1929. 7h30/20h (dom. 7h30/18h; fecha 2ª)

Miolo

Escondidinha na Serra da Cantareira, vende os pães de Marcos Carnero, feitos com farinha orgânica e fermentação natural. A oferta abarca ciabatta, focaccia, pão de centeio com limão e pimenta, entre outros. Das 9h às 15h é possível pedir o “café para dois”, com itens como ovos mexidos e queijos servidos com cesta de pães.

Onde: Av. das Palmeiras, 2.589, Mairiporã, 93020-9978. 9h/18h (fecha 2ª a 4ª)

Sliced

Alexandre Aguiar comanda as fornadas dessa micropadaria. Ele prepara sempre pães brancos e integrais (50% e 100%), além das versões especiais, caso da de provolone com tomilho e da de mandioca. Bolos, biscoitos e pão de queijo completam o cardápio.

Onde: R. Napoleão de Barros, 225, Vila Clementino, 97286-9145. 12h30 /19h (sáb., 9h/14h; fecha 2ª)

Um imóvel de esquina na Vila Clementino abriga a padaria Sliced.

Um imóvel de esquina na Vila Clementino abriga a padaria Sliced. Foto: Hélvio Romero/Estadão

 

Ficou com água na boca?