Paladar

Leia sem moderação (edição de 15/8/13)

Veja a íntegra da edição do caderno 'Paladar

15 de agosto de 2013 | 00:21 por Redação Paladar, Estadão Conteúdo

Se for dirigir, nem pense nela. Se não for, talvez seja a hora de conhecer melhor (devagar, é claro…) essa bebida que nasceu com o Brasil há 500 anos e agora apronta uma revolução. Amada e maltratada, a cachaça cansou de ser só “a marvada”, o “brazilian rhum”. E foi buscar selos de Indicação Geográfica que atestam sua indiscutível nobreza para exigir ser nada menos que a primeira-dama das bebidas brasileiras. Nessa empreitada, moderação só na hora de beber.

CAPA

Leia sem moderação

A história da cachaça

Cabeça, coração e cauda: as partes da cachaça

Para entender o rótulo das garrafas

Qual é a melhor cachaça para caipirinha?

Essa tem cheiro de ressaca…

Para degustar (sem fazer biquinho)

Mapa da(s) mina(s)

Visitamos um alambique no interior de São Paulo (e você pode visitar também)

O alquimista está chegando

Aqui tem pinga até no nome

MÚSICAS: Elas cantam a cachaça

FOTOS: A produção de cachaça artesanal no interior de São Paulo

PELO MUNDO

Prosciutto com sotaque de Iowa

PLANTÃO DA COZINHA

Estas panelas dispensam o fogão

PRATO DO DIA

Poire belle Hélène

ESTANTE NA COZINHA

Companhia das Letras vai à cozinha

O crescimento do bolo editorial

EU SÓ QUERIA JANTAR

Trivial, italiano, paulista

GLUPT!

Chablis de orquestra de câmara

VINHOS

WineIn discute o potencial do vinho tinto brasileiro

Granizo em Bordeaux pode dar prejuízo de 100 milhões de euros

É SÓ DE BIRRA

Abrir, beber e amassar

NOTAS

Mon cher chef, por que você imigrou?

Miya terá cardápios especiais com chefs convidados

Família produz molhos artesanais e sem conservantes

Formação para imigrantes

Aquavit deve reabrir em 2014

PRÊMIO PALADAR 2013

Quer provar os melhores pratos de SP?

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?