Paladar

Só de birra

Heloisa Lupinacci

Sugestões de cervejas para presentear a mãe

Tem witbier, leve e fácil de beber, IPA bem amarga e lupulada e stout com café, baunilha e cacau com mais de 10% de teor alcoólico

08 de maio de 2020 | 03:00 por Heloisa Lupinacci, O Estado de S.Paulo

Minha mãe gosta de IPA bem amarga, com final seco e não muito mais que 6% de teor alcoólico. Se fosse almoçar com ela neste domingo, teria Dogma Touro Sentado (R$ 35, 473 ml, no Empório Alto dos Pinheiros; eapsp. com.br) para beber. É uma american IPA bem direto ao ponto e lupulada, como ela gosta. Nem todas as mães gostam de amargor (minhas duas avós, por exemplo, eram do doce: uma tomava malzbier e a outra punha adoçante no vinho). Mas sempre dá para tentar emplacar uma cerveja como presente. Tenho duas sugestões, para pedir online e mandar entregar para sua mãe.

Antes de escolher a cerveja para dar de presente, entenda o paladar da sua mãe.

Antes de escolher a cerveja para dar de presente, entenda o paladar da sua mãe. Foto: JF Diorio/Estadão

Paladar delicado

Para as que gostam dos sabores leves, que nem curtem tanto beber, tomam um copinho de cerveja ou vinho e já trocam pela água, a aposta certeira é a witbier. E aí não tem o que inventar, dá para comprar Hoegaarden no supermercado (R$ 10, 330 ml no Pão de Açúcar) e ensinar ela a servir com uma rodela de laranja no copo – assim sua mãe vai se sentir ainda mais mimada. Se recusa a comprar cerveja na Ambev? Tudo bem, vai na Praya, também superfácil de achar e muito boa (R$ 15, 600 ml no Pão de Açúcar).

Fã de vinho

Para a mãe que toma vinho e torce o nariz para cerveja, sugiro uma aposta ousada: stouts fortes que tenham passagem por madeira. Elas ganham notas que fazem lembrar vinho. O malte tostado também traz características que podem lembrar café, baunilha, chocolate. Tudo bem distante do que o senso comum espera de uma cerveja. Costuma funcionar. Uma opção pode ser a Dádiva Black Mist (R$ 39, 473 ml, também disponível no Empório Alto dos Pinheiros). Com adição de café, baunilha e chips de cacau e 10,9% de teor alcoólico, é uma boa para um gole à tardinha, no lugar do digestivo pós-almoço.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?

Tendências