Paladar

Receitas

Receita

Fernando Sciarra|Estadão
Fernando Sciarra|Estadão

12 drinques festivos para o carnaval

Aproveite as receitas do 'Paladar' para brindar durante a folia

13 fevereiro 2018 | 16:20 por Redação Paladar

Gim, cachaça, vodca, espumante ... não importa qual você vai escolher, o importante é chegar ao fim da folia em grande estilo com belíssimos drinques. Criativos, fáceis e deliciosos; aproveite as receitas do Paladar para brindar e festejar o começo do ano, já que todo mundo diz que aqui no Brasil ele só começa depois do carnaval. 

 

1. Bujito

A receita do bartender Laércio Zulu, brinca com nome do mojito, feito com rum. No bujito, a base é a brasileiríssima cachaça. Macerada com a hortelã e suco de limão. Veja os outros ingredientes.

Bujito

Bujito Foto: Fernando Sciarra|Estadão

 

2. Gim tônica 

Nascido na Índia, durante a dominação inglesa, esse drinque tinha o aval de ser um ótimo tônico contra a malária (por causa do quinino da tônica), álibi perfeito para que fosse consumido aos litros durante as tardes escaldantes do verão indiano. A rígida etiqueta vitoriana, aliás, decretava que só era de bom tom consumi-lo só até as 17h. Conheça a receita completa.

Gim tônica

Gim tônica Foto: oto: Felipe Rau|Estadão

 

3. Caju amigo

Esse drinque clássico feito com a fruta típica do Nordeste ganha um toque especialíssimo na receita do barman Guilherme Ribeiro dos Santos, ex-Pandoro, casa onde o drinque foi criado, que acrescenta doce de caju para acentuar o sabor da fruta. Aprenda a receita completa. 

Caju amigo

Caju amigo Foto: Foto: Marcelo Barabani|Estadão

 

4. Gingin Mule

Este clássico contemporâneo, que fez muito sucesso no bar Z-Carniceria, é um primo do mojito que prefere o gim e o refrigerante de gengibre aos ares cubanos do rum. Aprenda a receita de Kennedy Nascimento. 

 

 

5. Pitá-lina

Com certeza o drinque com a cor mais bonita que você irá tomar. A receita de Laércio Zulu, mistura a pitaya vermelha com cachaça e bitter de chocolate. Finalize com muito gelo e limão-siciliano. Confira os outros ingredientes. 

Drinque Pitá-Lina

Drinque Pitá-Lina Foto: Fernando Sciarra|Estadão

 

6. Batida de paçoca

Deliciosa e alcóolica, ou seja, perfeita para os últimos dias de carnaval. Em uma coqueteleira com seis cubos de gelo, acrescente uma paçoca esmigalhada, um mix de creme de leite com leite condensado e bata vigorosamente. Conheça a receita completa. 

Batida de Paçoca

Batida de Paçoca Foto: Roberto Seba

 

7. Morangada com espumante

Para quem não abre mão do espumante, esse drinque é ideal para os dias de sol no carnaval. Ele também pode acompanhar um aperitivo ou uma sobremesa bem refrescante, você que escolhe. Veja a receita. 

 

 

8. Granita de gente grande

O drinque lembra a raspadinha italiana.  Misture sorbet  e gim no liquidificador ou processador de alimentos e bata até misturar bem, mantendo, porém, a crocância do sorbet.  Sirva em taças de champanhe do tipo flûte e complete com prosecco ou outro espumante. Veja os outros ingredientes. 

 

 

9. Clericot do Le Jazz

Para a receita de Danty Monteiro, bartender do Le Jazz Petit Bar, envolta frutas e licor em uma jarra e adicione soda. Coloque vinho, mexa com uma bailarina e preencha com gelo. Leia a receita completa.

Clericot do Le Jazz

Clericot do Le Jazz Foto: Felipe Rau|Estadão

 

 

10. Bomberinho 

 

Se quiser tomar cachaça de um modo bem diferente do tradicional faça esse drinque. Em uma coqueteleira, coloque todos os ingredientes com seis cubos de gelo e bata vigorosamente. Passe para um copo de acrílico e finalize com uma fatia de limão taiti. Veja a lista de ingredientes.

Bombeirinho

Bombeirinho Foto: Roberto Seba

 

11. Cello spritz 

Esse drinque do Zena Caffe é facílimo de preparar. Seu segredo é o uso do licor italiano de limão e do prosecco. O charme final fica por conta da taça bordeaux, mas você pode usar um copo de 300 ml também. Leia a receita completa.

 

 

12. Caipirinha

Símbolo de brasilidade, caipirinha é o drinque feito com limão, açúcar e cachaça. Confira a receita do bartender Spencer Jr., do Frank Bar que prepara a caipirinha direto no copo de servir com o macerador e uma bailarina. 

Caipirinha

Caipirinha Foto: Codo Meletti|Estadão