Paladar

Receitas

Receitas

Arroz negro com leite de castanha-do-pará do Maní

Helena Rizzo adaptou a receita para que você pudesse reproduzir em casa; dá para usar leite de castanha de caixinha ou fazer do zero, na sua cozinha

por Patrícia Ferraz

Leve, vegetariano, surpreendente e, acima de tudo, muito saboroso, este arroz negro do Maní foi um dos pratos inesquecíveis que provei durante a quarentena - e olha que faz quatro meses que peço delivery de restaurantes dia e noite, para testar.

Arroz negro com leite de castanha-do-pará.

Arroz negro com leite de castanha-do-pará. Foto: Patrícia Ferraz/Estadão

A chef Helena Rizzo adaptou a receita, especialmente, para você poder prepará-la em casa. E você vai notar que o prato vai  ganhando sabor aos poucos. Primeiro, cozinha-se o arroz na água com sal, depois ele vai para a frigideira com cebola, limão-siciliano e o leite de castanha (tenho que confessar que usei o leite de castanha-do-pará de caixinha, para agilizar o processo, se você preferir fazer, a receita está abaixo). Mas é na finalização que o sabor cresce, com cubinhos de banana-da-terra, pedaços de couve e brócolis tostados. Para completar, um incrível homus de castanha-do-pará e lascas de castanha tostada. Dá vontade de repetir, repetir…

Preparo

1Ponha as castanhas de molho na água e deixe por pelo menos 24 horas antes de usar. 
2Cozinhe o arroz negro na água com sal por aproximadamente 28 minutos. Tire do fogo, escorra com uma peneira. Reserve.
3Cozinhe o brócolis rapidamente em água fervente, escorra e resfrie em água com gelo. 
4Toste os talos de brócolis e a folha de couve em uma chapa quente, sem gordura. Pique a couve grosseiramente com as mãos. Reserve
5Descasque a banana e corte em cubos pequenos. Aqueça uma frigideira com 1/2 colher (sopa) de azeite e refogue os cubos de banana.
6Se preferir fazer o leite de castanhas: separe 300g de castanha deixada de molho, ponha numa panela com 500ml de água e deixe ferver. Desligue o fogo, abafe e deixe dez minutos. Bata no liquidificador a castanha e a água. Coe em peneira fina (ou chinois).
7Escorra a castanha restante (250g) para fazer o homus: ponha no processador com o alho, 50 ml de azeite, suco de 1 limão, tempere com sal e bata até obter uma pasta. Reserve. Se ficar muito grossa, ponha um pouquinho de água (1 colher de sopa).
8Para finalizar: aqueça 2 colheres (sopa) de azeite em uma frigideira grande, refogue a cebola até murchar, acrescente o arroz escorrido. Ponha o leite de castanha e o suco de 1 limão, tempere com sal. Termine o cozimento do arroz, até que fique macio e firme, mexendo como se fosse um risoto, cuidado para não secar demais, ele tem que ficar bem úmido.
9Ponha o arroz no prato de servir. Por cima, acomode o brócolis, a cebolinha, o coentro, a banana, a folha de couve. Não misture, deixe por cima.
10Acompanhe com o homus de castanha. Para finalizar, espalhe as lascas de castanhas e salpique a páprica no homus. Sirva quente ou em temperatura ambiente.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?