Paladar

Receitas

Receita

Christopher Berkey|NYT
Christopher Berkey|NYT

Receitas mexicanas para o Dia dos Mortos

Finados no Brasil, Día de los Muertos no México. Selecionamos 12 receitas típicas para quem quiser celebrar o feriado como nossos hermanos

31 de outubro de 2019 | 17:16 por Redação Paladar, O Estado de S.Paulo

Enquanto na maioria dos países ocidentais a morte é considerada um tabu, no México, o Dia dos Mortos (Día de los Muertos) - celebrado todos os anos entre 31 de outubro e 2 de novembro - presta homenagem aos entes falecidos com uma festa animada e farta, recheada de receitas típicas do país e regada a tequila. 

Como trata-se da comemoração mais tradicional da cultura mexicana - declarada Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco - e como ela coincide com o nosso feriado de Finados, o Paladar separou 12 receitas para temperar o seu Dia dos Mortos com o melhor da culinária mexicana.

 

● Pão de muerto

Durante as celebrações do Dia de los Muertos, no México, esse pão ganha a forma de um esqueleto, mas você não precisa levar a tradição tão a sério. Moldado como um pão doce comum, coberto de açúcar e raspas de laranja, a receita da chef mexicana Lourdes Hernández faz sucesso no café da manhã ou no lanche da tarde. Confira o passo a passo.

Receita de pão de Muerto

Receita de pão de Muerto Foto: Divulgação

 

● Guacamole

Essa pasta de abacate salgado caiu no gosto dos brasileiros. Ele é temperado com cebola, alho, pimenta, limão e coentro (você pode pular essa etapa caso não goste dessa ervinha tão complicada). Quer aprender a receita típica mexicana? Confira a receita.

Guacamole.

Guacamole. Foto: Felipe Rau/Estadão

 

● Taco de carnitas 

Hugo Delgado, da Taquería La Sabrosa, segue à risca a cartilha mexicana no preparo de seus tacos. O carnitas, o mais famoso da casa, é recheado com costela e pernil suínos, mais salsa verde picante. Aprenda a fazer a receita em casa.

Confira a receita de tacos de carnitas (carne de porco)

Confira a receita de tacos de carnitas (carne de porco) Foto: Sérgio Castro|Estadão

 

● Taco de jicama e abacate

Quem ensina essa receita é a chef Patricia Quintana, do restaurante Izote, na Cidade do México. A jicama, usada como a “massa” do taco, é um nabo mexicano que pode ser substituído pelo nabo comum. Recheie com guacamole bem temperadinho. Confira a receita

Tacos de jicama.

Tacos de jicama. Foto: Izote

 

● Salsa verde mexicana para tacos

Como não encontra tomatillo em São Paulo, Hugo Delgado substitui o ingrediente mexicano por tomate verde italiano no preparo da salsa verde picante que incrementa os seus tacos. Aprenda a receita completa

Taco Carnitas, da Taquería La Sabrosa, com carne de porco e salsa verde

Taco Carnitas, da Taquería La Sabrosa, com carne de porco e salsa verde Foto: Antonio Rodrigues

 

● Mole mexicano

Trata-se de um molho denso, apurado e picante, à base de chile, chocolate, amêndoas e especiarias. Muito tradicional na mesa mexicana, é usado no incremento de pratos com carnes. Confira a receita completa.   

O mole feito em casa chega perto do autêntico mexicano

O mole feito em casa chega perto do autêntico mexicano Foto: Fernando Sciarra|Estadão

 

● Creme azedo

Uma vez ensinado o guacamole e a salsa verde, não dá para deixar passar a receita do creme azedo, que incrementa o recheio da maioria dos tacos mexicanos. É muito fácil de preparar. Você só vai precisar de creme de leite e suco de limão (ou vinagre). Veja como fazer.  

Sour cream, ou creme azedo. 

Sour cream, ou creme azedo.  Foto: Daniel Teixeira/Estadão

 

● Milho na espiga mexicano

Fãs de milho na espiga têm que provar essa receita. Imagine substituir o sal e a manteiga, clássicos dos carrinhos de vendedores ambulante, por um creme à base de maionese de alho, queijo e páprica. Quem ensina é a chef Renata Vanzetto, do restaurante Ema. Confira aqui

 

  Foto: Márcio Fernandes|Estadão

 

● Calda de chocolate mexicana

É muito mais que uma calda de chocolate comum: a receita (do livro Modern Sauces, da chef premiada Martha Holmberg) traz também o sabor do café, da baunilha, da canela e da pimenta chipotle. Veja a receita completa aqui.

Sorvete com calda de chocolate mexicana

Sorvete com calda de chocolate mexicana Foto: Fernando Sciarra|Estadão

 

● Margarita

O barman Ale D’Agostino ensina a fazer esse drinque clássico à base tequila, Cointreau e suco de limão. Agite tudo na coqueteleira com gelo e, como fazem os mexicanos, “arriba, abajo, al centro y adentro!”. Veja como fazer.  

Drinque feito por Alexandre D’agostino

Drinque feito por Alexandre D’agostino Foto: Galeria Experiência|Estadão

 

● Michelada 

Outro clássico da coquetelaria mexicana, é um drinque de cerveja, com Tabasco, molho inglês, suco de limão e sal. Se você tirar o molho inglês e o de pimenta e deixar apenas a cerveja, o limão e o sal, você fez uma “Chelada”. Fica bem gostoso também. Confira a receita. 

Michelada, drinque mexicano com cerveja. 

Michelada, drinque mexicano com cerveja.  Foto: Fernando Sciarra/Estadão

 

● Paloma

O paloma é um drinque clássico e bem popular do México. É originalmente feito com tequila e refrigerante de grapefuit (toranja), fácil de encontrar em qualquer supermercado por lá. Como, por aqui, não encontramos o tal refrigerante, precisamos adaptar a receita. Veja como fazer em casa. 

Paloma, drinque com tequila e grapefruit.

Paloma, drinque com tequila e grapefruit. Foto: Lucas Terribili

 

* Publicado em 1/11/18 e atualizado em 31/10/19. 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.