Paladar

Receitas

Receita

Felipe Rau|Estadão
Felipe Rau|Estadão

Receitas para aproveitar a época da jabuticaba

Jabuticaba é boa para geleia, compota, molho, doce, drinque e muito mais. Veja como aproveitar a temporada da fruta, que pode ser até congelada

29 de outubro de 2019 | 15:17 por Redação Paladar, O Estado de S.Paulo

Uma bolinha roxa, quase preta, que faz "ploct" quando ganha uma mordida. Estamos em plena safra da jabuticaba, que normalmente ocorre entre agosto e novembro - em alguns anos, um minicolheita também é feita entre fevereiro e abril.

A jabuticaba é original da Mata Atlântica, abundante na região centro-sul do País, entre São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Goiás. A partir do semeio da árvore, a primeira safra demora entre 10 e 15 anos. A espécie mais comum é a sabará (Myrcaria Jaboticabal), mais docinha. Vez ou outra chega ao mercado a espécie paulista (Myciaria Cauliflora) e a branca (Myrciara Aureana), que tem casca verde e é mais difícil de ser encontrada.

A safra da jabuticaba é entre agosto e novembro.

A safra da jabuticaba é entre agosto e novembro. Foto: Felipe Rau/Estadão

As melhores opções são as frutas com casca brilhante e cor bem preta. Se não estiver assim, é provável que não esteja madura. 

Enquanto estiver fresca, dura até 10 dias na geladeira em pote bem fechado. Também pode ir para o freezer, uma boa opção para dar conta do volume da safra. Uma vez congelada, pode voltar a ser consumida e cortada ainda em gelo. A casca fica ainda mais macia e mais mastigável, as sementes são facilmente isoladas e a polpa fica como um sorvetinho. 

Abaixo, confira uma seleção de receitas com jabuticaba para você aproveitar a fartura que a época oferece. Prove a tradicional geleia ou se aventure a utilizá-la em pratos salgados.

 

● Geleia de jabuticaba

Boa para o café da manhã, para o lanche da tarde, para acompanhar sobremesas e até em drinques, a geleia é um bom jeito de lidar com a abundância de jabuticadas nesta época. É feita apenas com a fruta, água e açúcar. Aprenda a receita. 

Geleia de jabuticaba.

Geleia de jabuticaba. Foto: Felipe Rau/Estadão

 

● Molho de jabuticaba para carnes

A doçura da jabuticaba acompanha bem carnes de boi e de porco. Esse molho é feito com a geleia da fruta, caldo de carne e folha de louro. Veja a receita. 

Molho de jabuticaba para carnes.

Molho de jabuticaba para carnes. Foto: Felipe Rau/Estadão

 

● Compota de cascas de jabuticaba

Da fruta se aproveita tudo, até as cascas. Para fazer esta compota, basta ferver as cascas por 20 minutos com água e açúcar. Ela fica bem líquida e pode complementar qualquer prato doce ou salgado. Veja como fazer em casa.  

Compota com cascas

Compota com cascas Foto: Felipe Rau|Estadão

 

● Sagu de jabuticaba

Essa sobremesa é bem leve e rápida e fazer. Cozinhe o sagu e depois misture na infusão da calda de jabuticaba. Confira a receita.

Sagu de jabuticaba

Sagu de jabuticaba Foto: Robson Fernandjes|Estadão

 

● Gaspacho de jabuticaba com lasgostim

A jabuticaba rende até prato salgado. Mas mãos do chef Daniel Redondo virou gaspacho com lagostim, que leva até cachaça. Aprenda a receita. 

Receita de gaspacho de jabuticaba com lagostim

Receita de gaspacho de jabuticaba com lagostim Foto: Roberto Seba|Estadão

 

● Le vieux jamaru

Versão nacional do Vieux Carré, drinque criado na década de 1930 em um dos grandes berços da coquetelaria: o bar Carousel, em New Orleans. Originalmente, é feito com bourbon, conhaque, vermute tinto, licor Bénédictine e dois tipos de bitter. Na versão do bartender Fábio La Pietra, a cachaça entra no lugar do conhaque e a jabuticaba entra para dar o toque final. Confira a receita.  

Le vieux jamaru.

Le vieux jamaru. Foto: Roberto Seba/Estadão

 

* Publicado em outubro de 2016 e atualizado pela última vez em outubro de 2019.