Paladar

Receitas

Receita

Filipe Araújo|Estadão
Filipe Araújo|Estadão

Escondidinho de três jeitos: carne-seca, bacalhau e atum

Confira as receitas de três versões do popular prato brasileiro

Comente

21 de agosto de 2018 | 17:22 por Carla Peralva, O Estado de S.Paulo

Quando você olha, só vê o purê, bem cremoso, convidativo - melhor ainda se estiver bem gratinado. Mas é por baixo que está a parte mais importante. O recheio fica escondidinho, esperando para ser descoberto e saboreado.

Prato super tradicional do nordeste brasileiro, o escondidinho é fácil de ser feito em casa e pode ganhar diversas roupagens. Abaixo, confira como fazer três sabores diferentes

 

1. Escondidinho de carne-seca  

Vamos começar pela receita clássica: carne-seca por baixo, mandioca por cima. Essa versão leva até requeijão. Confira a receita. 

Escondidinho de carne-seca.

Escondidinho de carne-seca. Foto: Ivan Dias/Estadão

 

2. Escondidinho de bacalhau

A chef Mara Salles, do Tordesilhas, ensina a versão com bacalhau, bem temperado com alho, cebola, tomate, coentro e pimenta-de-cheiro. Por cima, purê de mandioca e queijo meia cura para gratinar. Confira a receita. 

Escondidinho de bacalhau.

Escondidinho de bacalhau. Foto: Filipe Araújo/Estadão

 

3. Escondidinho de atum 

Esse é para quem gosta de receitas fáceis, mas fora do comum. O recheio é feito com atum (o de lata mesmo, conservado em água) bem temperado. Por cima, creme de espinafre. Mas o ponto alto do prato é a crostinha gratinada, feita com broa seca de milho e queijo parmesão. Confira a receita. 

Escondidinho de atum com creme de espinafre.

Escondidinho de atum com creme de espinafre. Foto: Felipe Rau/Estadão