Paladar

Receitas

Receitas

Fernando Sciarra/Estadão
Fernando Sciarra/Estadão

Prato do Dia

Patrícia Ferraz

Filé-mignon com cebola e shoyu

Além de deliciosa, essa receita é rápida e muito fácil de fazer; fica tudo pronto na mesma panela

por Patrícia Ferraz

Concordo com todas as críticas que se faz ao filé-mignon. Caro, sem graça, fora de moda. Ele é mesmo isso tudo. Porém, este prato é uma delícia, além de ser rápido e muito fácil de fazer.

A receita valoriza a maciez do corte e empresta todo o sabor que ele não tem, combinando a cebola caramelizada com o shoyu. Não estranhe se não sobrar nem um pedacinho para repetir no dia seguinte (se sobrar, não hesite, leve a carne de volta para a panela com um fio de azeite; ele não perde a graça).

Dica: a carne deve estar em temperatura ambiente antes de ir para a panela. Se estiver gelada, vai ficar dura. 

Preparo

1Aqueça uma panela grande e funda. Ponha 6 colheres (sopa) de azeite, espere esquentar e coloque ponha o filé-mignon.
2Deixe dourar bem de um lado, até conseguir desgrudar da panela. Vire, usando uma pinça grande, e vá dourando a carne de todos os lados por inteiro. Tire a carne da panela e reserve.
3Sem lavar a panela, ponha as 2 colheres (sopa) de azeite restantes, aqueça e refogue a cebola até dourar bem (uns 15 minutos, mexendo para não queimar). Despeje o shoyu, misture bem e devolva a carne à panela.
4Deixe a carne cozinhar no molho até aquecer bastante. Sirva inteira e fatie à mesa.

 

Vinhos para acompanhar

O sommelier Paulo Neto diz que vinhos com boa acidez harmonizam melhor com este prato, por conta do sal no shoyu. Ele explica também que o filé-mignon pede vinhos de médio corpo. Invista em rótulos argentinos de Malbec e Syrah ou espanhóis de Tempranillo, Syrah e Merlot. 

 

Ficou com água na boca?