Paladar

Receitas

Receita

Par perfeito: receitas com combinações clássicas da cozinha

Alguns ingredientes nasceram um para o outro: o queijo e a goiabada, a maçã e a canela. Confira receitas com combinações clássicas da cozinha para deixar o Dia dos Namorados ainda mais romântico

12 de junho de 2020 | 05:00 por Redação Paladar, O Estado de S.Paulo

Queijo e goiabada combinam tanto que foram batizados como um dos casais mais famosos da literatura: Romeu e Julieta. Assim como eles, e você e seu amor, alguns ingredientes parecem ter nascido um para o outro: morango e chocolate, melão e presunto, pato e laranja, ovo e bacon.

Eles se conheceram nas panelas, ou nas mesas e cozinhas mundo afora, e se transformaram em pares perfeitos. Outras, como o avocado e a torrada e o caramelo e a flor de sal são romances mais recentes, mas já inseparáveis. 

Ovo e bacon, o par perfeito da sua cozinha 

Ovo e bacon, o par perfeito da sua cozinha  Foto: Renata Mesquita/Estadão

Seja pelo contraste de sabores (pense na pera com gorgonzola) que potencializam um ao outro, ou pela simples combinação de aromas e texturas, esses casamentos vão bem às vezes sozinhos ou podem compor diferentes receitas. Veja, por exemplo, o tomate e o manjericão, são parceiros na salada e na pizza

Inspirados por esses casais da cozinha, criamos uma sugestão de cardápio para você reproduzir em casa e deixar a celebração do Dia dos Namorados ainda mais romântica.  

Tomate +  Manjericão

Eles se conheceram na Itália e se consagraram mundo afora. Seja sobre o espaguete ou na pizza marguerita, não existe combinação mais perfeita que o encontro do tomate com o frescor do manjericão. 

Espetinho caprese 

Juntos já são imbatíveis, mas a mussarela de búfala faz da dupla um trio perfeito. Nesta receita os três se encontram no palito. Simples e delicioso. Veja como fazer.

Espetinho caprese. 

Espetinho caprese.  Foto: Felipe Rau/Estadão

 

Pera + Gorgonzola

Um casal sofisticado que já é um clássico. Enquanto o queijo é forte e salgado, a fruta é suave e doce, dando complexidade a qualquer prato, seja uma salada ou risoto. Nozes costumam aparecer segurando vela para esta casal.  

Galette de batatas e pera com gorgonzola

A fruta e o queijo azul, aquecidos sobre finas fatias de batatas, formam uma bela sugestão de entrada nesta receita. Confira o passo a passo. 

Galette de batatas e pera com roquefort do livro Pequena Cozinha Em Paris

Galette de batatas e pera com roquefort do livro Pequena Cozinha Em Paris Foto: Reprodução

Salada de peras e gorgonzola

Pera e gorgonzola formam um par e tanto. Com o agrião, viram uma salada fácil de fazer e ótima para abrir o apetite. Veja a receita

 

  Foto: António Rodrigues|Estadão

 

Ovo + Bacon

Talvez o casal mais popular e desejado do meio gastronômico. Cheio de química (umami), é aquele que todo mundo deseja ser -- e difícil encontrar quem não goste. Vai bem do café da manhã ao jantar. E as aplicações são infinitas, fritos, dentro de um sanduíche e até mesmo sobre batatas fritas. 

Salada lyonnaise, bacon e ovo poché​ 

Nesta receita ovo aparece na versão poché com gema mole e o bacon em cubinhos finaliza esta deliciosa salada. 

Receita de salada lyonnaise

Receita de salada lyonnaise Foto: Evan Sung|NYT

Espaguete a carbonara 

Não é a primeira receita que vem a cabeça quando pensamos no casamento do ovo com o bacon. Mas a clássica massa italiana não deixa de um das melhores aplicações deste casal. Confira como fazer

Receita de espaguete à carbonara

Receita de espaguete à carbonara Foto: Filipe Araujo|Estadão

 

Pato + Laranja

O romance desses dois começou na década de 60, na França, mas não por isso la passion foi deixada de lado. O pato e a laranja ainda fazem um grande par – que faz sucesso por onde passa. 

Arroz de pato com laranja

A receita clássica desse encontro é o pato assado inteiro servido com molho de laranjas. Mas esta versão de arroz de pato é uma ótima sugestão para provar essa combinação no dia a dia. Confira como fazer. 

Esse prato reúne muitos sabores porgueses: pato, linguiça, louro, azeite. Veja a receita. 

Esse prato reúne muitos sabores porgueses: pato, linguiça, louro, azeite. Veja a receita.  Foto: IVAN DIAS/Estadão

 

Queijo + Goiabada 

O famoso romeu e julieta. Um dos casais mais clássicos da literatura é também um dos mais tradicionais da culinária. Nesta receita eles se encontram em uma sobremesa delicada e fácil de fazer. Veja como fazer. 

Clássico doce servido em copos

Clássico doce servido em copos Foto: Roberto Seba|Estadão; Produção: Florise Oliveira

 

Morango + Chocolate

Individualmente ambos já são deliciosos, mas, quando estão juntos, ficam imbatíveis. 

Fondue de chocolate

Você pode simplesmente fazer uma calda de chocolate para servir com o morango, mas nossa sugestão é apostar na fondue, já que as noites estão mais frias e a data pede algo especial. Veja como preparar em casa

Fondue de chocolate

Fondue de chocolate Foto: Codo Meletti|Estadão

 

Maçã + Canela 

A fruta e a especiaria foram feitas uma para a outra. Aquecidas ainda rendem um perfume inigualável na cozinha de casa, que aquece ainda mais o coração da gente.   

Maçãs douradas com biscoito de canela

Feitos de massa folhada, os biscoitos são fáceis de fazer. Servidos com maçãs docinhas e chantilly, dão uma linda sobremesa. Confira a receita completa.

 

  Foto: António Rodrigues|Estadão

 

Cachaça + Limão

Uma boa cachaça vai muito bem sozinha, nós sabemos. Além da porção de torresmo, nada combina mais com a boa e velha pinga que o limão. Ela ganha status de drinque e ainda segura o rebote. Seja na icônica caipirinha ou no clássico moderno Macunaíma. 

Caipirinha

A boa caipirinha é equilibrada, fácil de beber. Veja como preparar o drinque nacional sem errar. Os ingredientes são apenas três: cachaça, limão e açúcar. 

 

  Foto: Codo Meletti|Estadão

Macunaíma

O drinque criado no bar Boca de Ouro por Arnaldo Hirai, já se transformou em um marco para a coquetelaria nacional, ele combina cachaça branca, suco de limão e Fernet Branca. Veja como preparar

 

  Foto: Bruno Nogueirão|Estadão

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.