Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

50 Best divulga parte da lista dos 100 melhores restaurantes do mundo de 2022

Ranking apresenta do 51º ao 100º colocado; Brasil tem quatro representantes na seleção

05 de julho de 2022 | 15:11 por Maria Isabel Miqueletto, O Estado de S.Paulo

O restaurante Evvai, do chef Luiz Filipe Souza, que fez sua estreia na lista ampliada do 50 Best

O restaurante Evvai, do chef Luiz Filipe Souza, que fez sua estreia na lista ampliada do 50 Best Foto: Amanda Perobelli/ESTADAO

Para esquentar o clima até a divulgação da lista oficial dos 50 melhores restaurantes do mundo, a organização do 50 Best divulgou nesta terça-feira, 5, o ranking dos restaurantes entre a 51ª e a 100ª colocações. São quatro brasileiros presentes na lista ampliada: o D.O.M., de Alex Atala, o Evvai, de Luiz Filipe Souza, que faz sua estreia na lista, o carioca Lasai, de Rafael Costa e Silva, e o Maní, de Helena Rizzo, que figuram, nessa ordem, nas 53ª, 67ª e 78ª e 96ª posições.

A grande expectativa é que o Oteque, do chef Alberto Landgraf, esteja na lista dos 50 melhores, já que no ano passado ficou na 67ª posição. Outro destaque é o Evvai,  do chef Luiz Filipe Souza, que fez sua estreia na lista ampliada na  67ª colocação. "É algo gigantesco, que nem sonharia. É inevitável fazer uma retrospectiva até aqui, depois de anos tão duros e difíceis, ter lidado e ainda lidar com as adversidades da pandemia, receber uma notícia dessas passa a ser maior ainda", comemora o chef.

A mais importante premiação de gastronomia do mundo será realizada em Londres no dia 18 deste mês. A capital do Reino Unido foi escolhida após o cancelamento da cerimônia em Moscou, na Rússia, devido à invasão russa na Ucrânia.

Em relação à lista de 2019, dois brasileiros subiram de colocação. No ano passado, o D.O.M. estava na 61ª posição, neste ano ficou na 53ª. Já o Lasai subiu da 85ª para a 67ª posição. O Maní havia saído da lista no ano passado e voltou neste ano na 96ª posição. No ranking de 2021, A Casa do Porco, dos chefs Jefferson e Janaina Rueda, foi o restaurante brasileiro mais bem colocado: o 17º entre os 50 melhores restaurantes do mundo.

Confira a lista 51 – 100:

51. Alcalde, Guadalajara, México

52. Sud 777, Cidade do México, México

53. D.O.M., São Paulo, Brasil

54. Lyle's, Londres, Reino Unido

55. Azurmendi, Larrabetzu, Espanha

56. La Colombe, Cidade do Cabo, África do Sul

57. Trèsind Studio, Dubai, Emirados Árabes

58. Alléno Paris au Pavillon Ledoyen, Paris, França

59. Sazenka, Tóquio, Japão

60. Rosetta, Cidade do México, México

61. La Grenouillère, La Madelaine-sous-Montreuil, França

62. Ernst, Berlin, Alemanha

63. Chef's Table at Brooklyn Fare, Nova Iorque, Estados Unidos

64. Fu He Hui, Xangai, China

65. Le Du, Bangcoque, Tailândia

66. Sühring, Bangcoque, Tailândia

67. Evvai, São Paulo, Brasil

68. Kjolle, Lima, Peru

69. Cosme, Nova Iorque, Estados Unidos

70. Zén, Singapura

71. Mingles, Seul, Coréia do Sul

72. Atelier Crenn, São Francisco, Estados Unidos

73. Kol, Londres, Reino Unido

74. Blue Hill at Stone Barns, Pocantico Hills, Estados Unidos

75. Samrub Samrub Thai, Bangcoque, Tailândia

76. Neighborhood, Hong Kong, China

77. Table by Bruno Verjus, Paris, França

78. Lasai, Rio de Janeiro, Brasil

79. Estela, Nova Iorque, Estados Unidos

80. AM par Alexandre Mazzia, Marselha, França

81. Brat, Londres, Reino Unido

82. Sézanne, Tóquio, Japão

83. El Chato, Bogotá, Colômbia

84. Gimlet at Cavendish House, Melbourne, Austrália

85. Raan Jay Fai, Bangcoque, Tailândia

86. Mikla, Istambul, Turquia

87. Orfali Bros Bistro, Dubai, Emirados Árabes

88. Mishiguene, Buenos Aires, Argentina,

89. Máximo Bistrot, Cidade do México, México

90. Wolfgat, Paternoster, África do Sul

91. Oriole, Chicago, Estados Unidos

92. Indian Accent, Nova Déli, Índia

93. Hertog Jan at Botanic Sanctuary, Antuérpia, Bélgica

94. Burnt Ends, Singapura

95. Meta, Singapura

96. Maní, São Paulo, Brasil

97. Benu, São Francisco, Estados Unidos

98. Tantris, Munique, Alemanha

99. Flocons de Sel, Megève, França

100. Wing, Hong Kong, China

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?

Mais lidas