Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

A brincadeira do café e o preço da água

Fui hoje ao Coffee Lab pela primeira vez desde que o café de Isabela Raposeiras reabriu em novo endereço – agora na Vila Madalena, como o Paladar anunciou em primeira mão na edição da última semana. E ainda meio zonza de sono tive duas surpresas: uma boa e outra ruim. Quanto pesa? (Foto: Janaina Fidalgo/AE)

14 abril 2011 | 16:01 por janainafidalgo

A cafeteria resolveu celebrar o dia do café, comemorado hoje, com uma brincadeira que garante ao vencedor fornecimento de grão por seis meses. Explico: o barista traz uma embalagem com café em grão e desafia o cliente a adivinhar quanto pesa o pacotinho branco (este da foto acima). Se você acertar, ganha 250 g de algum microlote vendido no Coffee Lab por seis meses (um pacote por mês). Errei. Mas espero que, se você for lá hoje, esteja com a mão bem calibrada e acerte!

Semana passada, quando o Paladar noticiou a reabertura do café, louvou a iniciativa ainda rara em São Paulo – tanto em restaurantes quanto em cafés – de servir água filtrada gratuitamente. Há um filtro e copos. É só se servir à vontade. Ponto para o Coffee Lab. Quem quiser água com gás, pede uma garrafinha e paga por ela. Ok.

Foi o que fiz hoje ao chegar lá. Pedi uma São Lourenço sem olhar o preço. É o que faço sempre, por saber que, em geral, é a opção mais barata. Qual não foi minha surpresa ao, no instante seguinte, passar os olhos pelo cardápio e ver que a garrafinha de São Lourenço custa os mesmos R$ 8 que uma Perrier ou uma San Pellegrino.

Sinceramente, não faço questão de tomar Perrier. Da mesma forma que não acho justo, por gostar de água com gás, ter de desembolsar R$ 8 numa garrafa de 300 ml. Ótimo ter Perrier e Panna na carta de águas e cobrar o que elas custam. Mas por que não dar uma opção mais acessível a quem gosta de água com gás?

Foi a pergunta que fiz há pouco, por telefone, para Isabela. Ela deu duas justificativas: “A primeira é para estimular o consumo da água do filtro. E a outra é porque baixei a margem de lucro das importadas para estimular os clientes a provarem estas marcas, que são incríveis”.

Coffee Lab

– R. Fradique Coutinho, 1.340, V. Madalena, 3375-7400. 9h/19h (sáb., 12h/19h. Fecha dom.)

Ficou com água na boca?