Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

"A Helena merece muito", diz Alex Atala sobre a escalada do Maní

Por Maeli Prado

29 abril 2013 | 19:59 por redacaopaladar

Especial para o Estado

Mais de uma hora antes da lista The 50 World’s Best Restaurants ser anunciada oficialmente, dezenas de jornalistas já se aglomeravam em uma das entradas de uma praça londrina para tentar conseguir uma declaração de Joan Roca, um dos irmãos do vencedor El Cellar de Can Roca.

“Se essa notícia se confirmar, poderemos celebrar muito”, afirmava Roca. Como acontece com frequência, o ranking, organizado pela revista Restaurant, havia vazado antes da cerimônia, fazendo a alegria de alguns e a tristeza de outros, como Alex Atala, do D.O.M., até então considerado um dos favoritos.

+ Conheça o D.O.M, melhor restaurante da América Latina

+ Em fina sintonia, Helena e Daniel tocam o Maní

Alex Atala recebe prêmio por  Melhor Restaurante da América do Sul. FOTOS: Divulgação

Apesar da queda do quarto para o sexto lugar, Atala não parecia estar decepcionado e preferiu exaltar a entrada do Maní, de Helena Rizzo e Daniel Redondo, na lista dos 50 melhores – o restaurante abocanhou o 46º lugar. “A Helena merece muito. Agora são dois brasileiros nesse ranking. Tem espaço para mais”, disse o chef, que também levou o prêmio de melhor restaurante da América do Sul.

Helena com seu look punk e Daniel Redondo chegam ao evento da ‘Restaurant’, em Londres.

Sorridente, a chef e sócia do Maní chamou a atenção com o visual punk que escolheu para ir à premiação e ouviu do apresentador do prêmio, Marken Durden-Smith, que queria um cabelo repicado igual ao dela. Mesmo antes do anúncio oficial, Helena dava entrevistas comemorando o salto do seu restaurante no ranking.

 Joan, Jordi e Josep Roca comemoram o primeiro lugar.

Vencedores em crise. Tanto os irmãos espanhóis Roca, do líder El Celler de Can Roca, quanto o italiano Massimo Bottura, da Osteria Francescana, fizeram questão de lembrar a crise econômica enfrentada pela Europa. “É uma boa notícia para a Espanha. Só ouvimos coisas ruins, qualquer boa notícia é uma injeção de otimismo”, resumiu Jordi Roca. “Hoje, vai ter um festão. Vai ser do c.”, resumiu em português o caçula dos irmãos Roca ao saber que a reportagem era do Brasil.

Já Bottura ressaltou a importância de a Itália ter conquistado o terceiro lugar neste momento. “A mensagem é essa: acredite no sonho. É a melhor metáfora para a Itália hoje. Eu e minha mulher não tiramos férias no ano passado para reformularmos e reformarmos o restaurante. O que faz um restaurante não são apenas os ingredientes, mas também as ideias”.

+ Confira a cobertura completa da divulgação dos 50 Melhores Restaurantes do Mundo

Ficou com água na boca?