Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Beluga muda nome para Takkø (e acaba de receber novos lotes de café)

Cafeteria no centro da cidade serve três tipos colhidos na última safra em fazendas mineiras da Serra da Mantiqueira

22 fevereiro 2017 | 18:16 por Redação Paladar

Cafeteria que atrai clientela há dois anos na região da Santa Cecília pelo cuidado que tem com a escolha dos grãos e a extração dos cafés, o Beluga trocou o nome há duas semanas para Takkø - palavra inventada pelos sócios por conta da grafia e da sonoridade.

Questões ligadas a direitos autorais fizeram a casa alterar a marca, mas os cafés e o serviço por ali continuam os mesmos. Nesta semana, a novidade são os três lotes de grãos recém-chegados da última safra (colhidos no fim do ano passado). Escolha dos sócios, que fazem pesquisa entre os próprios produtores, eles são de fazendas localizadas na região mineira da Serra da Mantiqueira (como a fazenda Irmãs Pereira), todos torrados por Hugo Wolff (Wolff Café). 

Lotes fresquinhos de café do Takkø, novo nome do antigo Beluga Café

Lotes fresquinhos de café do Takkø, novo nome do antigo Beluga Café Foto: Alex Batista|Divulgação

Segundo o sócio Rodolfo Herrera, entre os cafés novos, um dos bourbons amarelos tem notas florais com notas de caramelo e frutas vermelhas, e o outro puxa mais para cítricos como limão. Já o catuaí amarelo traz notas que lembram morango e framboesa.

SERVIÇO

Takkø Café

R. Dr. Cesário Mota Júnior, 379, Vila Buarque

Tel.: 3214-5322

 

Ficou com água na boca?