Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Bolovo de vários jeitos; confira onde comer

Massas de palmito, carne e até morcilla envolvem o ovo cozido com a gema mole para formar esse clássico de boteco

12 de novembro de 2021 | 05:00 por Cintia Oliveira, Especial para o Estadão

Um ovo cozido, com gema mole, “embrulhado” por uma massa à base de farinha ou de carne, que, por sua vez, é empanada e frita. Eis a anatomia de um bolovo. A receita, outrora restrita ao cardápio de botecos, ganhou fama nas mãos do chef australiano Greigor Caisley. “Além de ser gostoso, eu acredito que o sucesso se deva, em boa parte, às redes sociais”, explica Caisley, referindo-se ao fenômeno das comidas “instagramáveis”. A receita é figura cativa no cardápio do Guarita Bar. A seguir, veja onde comer bons bolovos.

Bagaceira

Com atmosfera de boteco raiz, o bolovo da casa traz o ovo envolto por massa de morcilla e copa lombo suíno moído, que é empanada em farinha panko e frita (R$ 18, cada um). R. Frederico Abranches, 197, Vila Buarque. 3.ª a sáb., 12h/23h; dom., 13h/ 19h (fecha 2.ª).

Bolovo com massa de morcilla e copa lombo suíno moído, do Bagaceira.

Bolovo com massa de morcilla e copa lombo suíno moído, do Bagaceira. Foto: Thales Hideki

Guarita Bar

A versão do chef Greigor Caisley leva metade de um ovo com gema molinha e carne moída bovina refogada com especiarias – essa dupla é embrulhada em massa de coxinha e empanada com leite e farinha de rosca (R$ 11 cada um). O bolovo faz boa companhia aos drinques elaborados pelo bartender Jean Ponce. R. Simão Álvares, 952, Pinheiros. 3360-3651. 18h/0h (6.ª, 18h/1h30; sáb., 17h/ 1h30; dom., 17h/0h; fecha 2.ª).

Metade ovo, metade carne moída refogada com especiarias, do Guarita.

Metade ovo, metade carne moída refogada com especiarias, do Guarita. Foto: Rubens Kato

Il Covo

Nos fundos do Zena Caffè, o bar oferece o bolovo di quaglie al tartufo, em que o ovo de codorna é envolvido por uma massa feita com a carne da ave e parmesão, empanado com farinha de rosca e frito. Chega à mesa com lâminas de trufas negras (R$ 37, 3 unidades). R. Peixoto Gomide, 1.901, Jardins. 3.ª e 4.ª, 17h/23h; 5.ª, 17h/0h; 6.ª e sáb., 17h/2h (fecha dom. e 2.ª).

Quincho

Disponível apenas pelo Quinchito, delivery da casa, a versão vegetariana do bolovo traz o ovo caipira envolvido por uma massa frita à base de palmito e chega em casa na companhia de molho rosé (R$ 25). R. Mourato Coelho, 1.447, Vila Madalena. 3815-8774. Delivery pelo iFood ou Goomer.

Bolovo vegetariano com massa de palmito, do Quincho.

Bolovo vegetariano com massa de palmito, do Quincho. Foto: Agência Benvinda

Borgo Mooca

O aranciovo do chef Matheus Zanchini é um misto de arancino com bolovo: o ovo cozido é “encamisado” por risoto de funghi empanado e frito (R$ 29). No menu da semana, o petisco pode surgir em versões como o tomatovo (com arroz de tomate queimado) e o siriovo (com massa à base de batata e o crustáceo desfiado) R. Comendador Roberto Ugolini, 129, Mooca. 97574-3213. 12h/17h e 19h/23h30 (dom., 12h/17h; fecha de 2.ª a 4.ª).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?