Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Caledonia Whisky & Co, o novo santuário do uísque em SP

Espaço que concentra loja e bar tocado pelos fundadores do blog 'O Cão Engarrafado' se dedica ao uísque com mais de 140 rótulos

10 de janeiro de 2020 | 13:15 por Gilberto Almendola, O Estado de S.Paulo

Há 5 anos, os amigos de infância Maurício Porto e Guilherme Valle fundaram o blog Cão Engarrafado – voltado exclusivamente para o universo do uísque. O sucesso da empreitada virtual (o site transformou-se em uma referência entre os aficionados pela bebida) fez com que a dupla decidisse materializá-lo em um bar. Ou melhor, em um espaço dedicado ao uísque e todas as suas possibilidades.

Nascia, assim, o Caledonia Whisky & Co. “A gente sentia falta de um espaço dedicado ao uísque em São Paulo. Você tem os bares de gim, os de cerveja artesanal, mas poucas iniciativas com o foco exclusivo no uísque”, conta Porto. “Nossa principal missão é fomentar a cultura do uísque entre os consumidores”, completou.

Variedade. São aproximadamente 140 rótulos de uísque para levar ou tomar ali, com opção de réguas de degustação

Variedade. São aproximadamente 140 rótulos de uísque para levar ou tomar ali, com opção de réguas de degustação Foto: Alex Silva/Estadão

O Caledonia (nome que o Império Romano dava ao território que hoje corresponde à Escócia) fica na rua Vupabussu ao lado de uma referência cervejeira da cidade, o EAP (Empório Alto de Pinheiros). A casa foi erguida tendo como base três pilares: a loja de uísque, o salão do bar e um espaço educacional.

Na loja (e também no bar), são aproximadamente 140 rótulos de uísque (praticamente todos os que são encontrados no País). Além dos escoceses (single malts e blends), será possível encontrar os irlandeses, os americanos e japoneses. “Vamos ser um mercado livre do uísque. Queremos que o interessado encontre tudo o que procure por aqui – do uísque de qualidade com preço bastante acessível aos produtos mais sofisticados”, comentou Valle. Entre os sofisticados está, por exemplo, um Macallan Reflexion – que custa perto dos R$ 10 mil. A loja irá funcionar de segunda à sábado, do meio-dia às 18h.

Balcão. Além das doses, é possível provar drinques clássicos e autorais com uísque, claro

Balcão. Além das doses, é possível provar drinques clássicos e autorais com uísque, claro Foto: Alex Silva/Estadão

Após às 18h, e a partir das terças-feiras (até sábado), as prateleiras da loja se abrem (um trabalho de arquitetura espertíssimo) revelando o salão do bar. O ambiente é aconchegante e conta com um balcão que já pode ser colocado entre os mais bonitos da cidade.

No bar, os uísques serão servido em doses de 25 ml ou 50 ml. “O preço da dose dupla será exatamente o dobro da dose normal. Isso porque a gente quer convidar a pessoa a experimentar diferentes tipos de uísque”, falou Porto. O preço das doses variam muito – e, claro, de acordo com o tipo do uísque. Elas partem de R$ 11 ou R$ 21 (single malts), mas podem ultrapassar os R$ 100.

O Caledonia vai investir no conceito de réguas (flights) de degustação. Cada flight trará três tipos de uísque, que podem ser montadas pelo próprio cliente ou com sequências sugeridas – como de “uísques floreais”, “uísques defumados”, “escoceses delicados” e outras. Como exemplo de régua de degustação, a  reportagem degustou uma com Glenlivet Code (Escócia - Speyside),  Dalmore Cigar Malt (Escócia - Speyside) e Arran Machrie Moor Cask Strength (Escócia - Higlands).    

Clássico. Drinque La Louisiane com uísque e vermute tinto 

Clássico. Drinque La Louisiane com uísque e vermute tinto  Foto: Alex Silva/Estadão

Quem tomar uma dose de uísque no bar, terá um desconto na compra do mesmo uísque que consumiu na loja (que também ficará aberta durante o funcionamento do bar).

Mas o Caledonia também é um espaço para coquetelaria – principalmente, óbvio, com drinques feitos com uísque. A carta foi criada pelo consultor em destilado e mixologia Rodolfo Bob.

“O conceito da carta é o de contar a história do uísque por meio de sete coquetéis”, disse Bob. Além dos autorais, a casa também traz os clássicos com o destilado. Em uma primeira visita, destaque para o la louisiane e o NOLA Fizz (um highball). Outro que promete fazer sucesso no balcão é o king james (uísque irlandês em banho de manteiga de garrafa com amêndoas, blend ibérico com jerez, vermute de jerez, vinho madeira, queijo grana padano, jamón iberico e cocoa bitters). Os coquetéis custam de R$ 27 a R$ 50 (R$ 33, em média).

Da cozinha, vem o surpreendente sanduíche de pepino, batizado de Ness (R$ 24), um scotch egg (sim, é o nosso bolovo, por R$ 9) e, entre outros pratos, o Lord of The Isles ( um fish & chips de pescada amarela marinada na cerveja com maionese da casa, por R$ 56).

Da cozinha. Scotch egg ou o nosso bolovo

Da cozinha. Scotch egg ou o nosso bolovo Foto: Alex Silva/Estadão

O terceiro pilar do Caledonia é o educacional. No segunda andar, existe um espaço para aulas, workshops, degustações e eventos. “A ideia é criar cursos ou aulas específicas tanto para o público iniciante como para temas mais complexos do mundo do uísque”, falou Porto.

SERVIÇO

Caledonia Whisky & Co.

R. Vupabussu, 309, Pinheiros.

Horário de funcionamento:  Loja 12h/23h (fecha dom.); Bar 18h/23h (fecha2ª e dom.)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?