Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Cervejaria Taru: novo brewpub na região de Perdizes

Recém-inaugurado, o bar serve cervejas fresquinhas, de produção própria

28 de fevereiro de 2020 | 15:25 por Renata Helena Rodrigues   , O Estado de S.Paulo

Em um dos cantos do salão, em um espaço envidraçado, é possível avistar os cinco tanques de inox responsáveis pela produção do principal atrativo da recém-inaugurada Taru: cervejas fresquinhas, feitas ali.

Reforçando a onda dos brewpubs paulistanos, que parece não perder fôlego, esse misto de bar e fábrica tem produção comandada por Marcelo Miguel, mestre cervejeiro e um dos sócios do negócio, ao lado de Abel e Rafael Amaro, pai e filho. 

As dez torneiras da Cervejaria Taru oferecem uma diversidade de estilos.

As dez torneiras da Cervejaria Taru oferecem uma diversidade de estilos. Foto: Ronaldo Dimmer

Apesar do pouco tempo de operação (a casa abriu no fim de dezembro), a clientela já elegeu algumas cervejas queridinhas. Agradaram o público a maltada English IPA (R$ 20, 500 mililitros), a weiss mais leve (R$ 18, 500 mililitros), a equilibrada stout (R$ 21, 500 mililitros) e a berliner weisse (R$ 24, 500 mililitros), estilo com notável acidez, que aqui leva frutas como amora ou pitaia.

Ficou na dúvida diante das 10 torneiras? A boa notícia é que dá para experimentar pequenas quantidades de vários estilos. Isso porque o bar trabalha com sistema de autosserviço, no qual paga-se de acordo com o volume dentro do copo.

Fachada da Cervejaria Taru, novidade na região de Perdizes.

Fachada da Cervejaria Taru, novidade na região de Perdizes. Foto: Ronaldo Dimmer

Para acompanhar as bebidas, lidera os pedidos o bolovo feito com ovo de codorna (R$ 32, seis unidades), que vem com um molho à escolha. Chutney de tomate e barbecue de cerveja stout são opções.

Também leva cerveja a receita do espetinho de frango marinado em IPA, cúrcuma e páprica (R$ 22, seis unidades). A pedida vem à mesa ao lado de vinagrete, agrião e quiabo tostado.

SERVIÇO

Taru Cervejaria

R. Clélia, 285, Perdizes

Telefone: 4277-7037 

Horário de funcionamento: 18h/1h (sáb., 12h/1h; dom. 12h/17h; fecha 2ª e 3ª)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?

Tendências