Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Confira a lista completa dos 50 melhores restaurantes do mundo em 2018

Casa italiana fica no topo da 17ª edição do ranking 50 Best. Único brasileiro da lista, D.O.M. cai para a 30ª posição. Espanha é o país mais bem representado

19 junho 2018 | 17:55 por Redação Paladar

O italiano Osteria Francescana foi eleito o melhor restaurante do mundo pelo ranking 50 Best. A cerimônia da 17ª edição do prêmio que elege os 50 melhores restaurantes do mundo foi em Bilbao, no País Basco espanhol, e teve cobertura ao vivo do Paladar. É a segunda vez que o restaurante do chef Massimo Bottura em Módena chega ao topo da lista (a primeira vez foi em 2016 e, no ano passado, ficou com a prata).  

Em segundo lugar neste ano ficou o catalão El Celler de Can Roca e, em terceiro, o francês Mirazur. O nova-iorquino Eleven Madison Park, o grande vencedor do ano passado, agora ficou com a 4ª posição. O D.O.M., do chef Alex Atala, único brasileiro na lista, ficou no 30º lugar, em comparação ao 16º do ano passado. O peruano Central, de Virgílio e Virgílio Martinez e Pia Leon, na 6ª colocação, foi o mais bom colocado da América Latina. O melhor restaurante da Ásia é o tailandês Gaggan, na 5ª posição. 

A Espanha é o país com mais representantes na lista, sete. Logo atrás vêm os Estados Unidos, com seis restaurantes premiados. No total, 23 nações, de todos os continentes, estão no ranking. 

Momento do anúncio da vitória do Osteria Francescana.

Momento do anúncio da vitória do Osteria Francescana. Foto: The World's 50 Best

Confira a lista completa:

1. Osteria Francescana - Módena (Itália) 

2. El Celler de Can Roca - Girona (Espanha) 

3. Mirazur - Menton (França) 

4. Eleven Madison Park - Nova York (Estados Unidos) 

5. Gaggan - Bangcoc (Tailândia) 

6. Central - Lima (Peru) 

7. Maido - Lima (Peru) 

8. Arpège - Paris (França) 

9. Mugaritz - San Sebastian (Espanha) 

10. Asador Etxebarri - Axpe (Espanha) 

11. Quintonil - Cidade do México (México) 

12. Blue Hill at Stone Barns - Pocantico Hills (Estados Unidos) 

13. Pujol - Cidade do México (México) 

14. Steirereck - Viena (Áustria) 

15. White Rabbit - Moscou (Rússia)  

16. Piazza Duomo - Alba (Itália) 

17. Den - Tóquio (Japão) 

18. Disfrutar - Barcelona (Espanha) 

19. Geranium - Copenhagen (Dinamarca) 

20. Attica - Melbourne (Austrália) 

21. Alain Ducasse au Plaza Athénée - Paris (França) 

22. Narisawa - Tóquio (Japão) 

23. Le Calandre - Rubano (Itália) 

24. Ultraviolet by Paul Pairet - Xangai (China) 

25. Cosme- Nova York (Estados Unidos) 

26. Le Bernardin - Nova York (Estados Unidos) 

27. Boragó - Santiago (Chile) 

28. Odette - Cingapura (Cingapura)

29. Alléno Paris au Pavillon Ledoyen - Paris (França) 

30. D.O.M. - São Paulo (Brasil) 

31. Arzak - San Sebastian (Espanha) 

32. Tickets - Barcelona (Espanha) 

33. The Clove Club - Londres (Reino Unido) 

34. Alinea  - Chicago (Estados Unidos) 

35. Maaemo - Oslo (Noruega)

36. Reale - Castel di Sangro (Itália) 

37. Restaurant Tim Raue - Berlim (Alemanha) 

38. Lyle’s - Londres (Reino Unido) 

39. Astrid y Gastón - Lima (Peru) 

40. Septime  - Paris (França) 

41. Nihonryori RyuGin - Tóquio (Japão) 

42. The Ledbury - Londres (Reino Unido) 

43. Azurmendi - Larrabetzu (Espanha) 

44. Mikla - Istambul (Turquia) 

45. Dinner by Heston Blumenthal - Londres (Reino Unido) 

46. Saison - São Francisco (Estados Unidos) 

47. Schloss Schauenstein - Fürstenau (Suíça) 

48. Hiša Franko - Kobarid (Eslovênia) 

49. Nahm - Bangcoc (Tailândia) 

50. The Test Kitchen - Cidade do Cabo (África do Sul) 

A segunda metade da lista 

Há uma semana, o 50 Best divulgou a "segunda parte" de seu ranking, com as casas que ficaram entre a 51ª e a 100ª posição. A Casa do Porco, de Jefferson Rueda, estrou na lista, na 79ª posição. Também estão na seleção o paulista Maní, de Helena Rizzo, no 81º lugar; e o carioca Lasai, de Rafael Costa e Silva, no 100º lugar. 

Ficou com água na boca?