Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Contra a ostentação, restaurantes passam a se chamar taberna

Por Alexandre Bazzan

04 novembro 2013 | 19:05 por redacaopaladar

Existe uma tendência de eufemismo semântico nos estabelecimentos da alta cozinha de Londres. Segundo o crítico de restaurantes do jornal The Guardian, Jay Rayner, alguns dos restaurantes mais caros da cidade estão adotando nomes como ‘Taberna’, ‘Sociais’ ou ‘Casas de Comida’. Ele explica que essa é uma prática que viajou de Nova York – onde algumas das casas mais estreladas levavam a alcunha de taberna – para o Velho Mundo.

Chamar um restaurante de taberna pode ter vários sentidos, mas o crítico diz em sua coluna no blog Short Cuts, que isso seria uma forma de dar sensação de humildade aos estabelecimentos que chegam a cobrar até 120 libras (cerca de R$ 430) por refeição. Algumas das pessoas que têm esse dinheiro não se sentem bem ao ostentar em um período de crise financeira.

Berner’s Tavern, no London Edition Hotel. FOTO: Divulgação

Rayner explica que, no interior desses lugares, o luxo e o cuidado com a comida não lembram em nada os tradicionais estabelecimentos surgidos no século XV, quando ainda só vendiam vinho, que são marcados pela simplicidade – do ambiente e da comida. Ele brinca ao dizer que em lugares como o Berner’s Tavern que fica no London Edition Hotel, o pé direito é tão alto que é possível empinar uma pipa em seu interior. O Merchants Tavern, próximo à rua Oxford, reduto das compras em Londres, também é bem decorado e leva a assinatura da chef Angela Hartnett.

Humildade à parte, não espere encontrar o tradicional peixe com fritas e chope barato nestes locais.

Ficou com água na boca?