Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

É coisa nossa! Bife à parmegiana parece italiano, mas foi criado aqui

Versões da clássica parmegiana marcam presença em diversos cardápios da capital paulista. Confira uma seleção de endereços onde pedir o prato

20 de maio de 2021 | 11:00 por Cintia Oliveira, Especial para O Estado

À base de um suculento filé empanado e frito, que é envolvido por camada generosa de molho de tomate e coberto de queijo derretido, o bife à parmegiana tem um jeitão de prato tipicamente italiano, mas a receita é coisa nossa. Não se sabe ao certo quem é a mente criativa por trás da receita, que teria surgido na capital paulista, mas o fato é que a parmegiana tem uma conexão direta com a Itália: é como se a cotoletta alla milanese (carne suína à milanesa, típica de Milão) tivesse promovido um “feat” com a parmigiana de melanzane (berinjela à parmegiana, um clássico do sul da Itália) e resultado na receita, que é tão amada pelo público.

Presença cativa no cardápio de bares e restaurantes dos mais variados estilos, a parmegiana surge em inúmeras versões, nas quais a carne bovina sai de cena para dar lugar ao frango, ao porco ou (a versão veggie) a berinjela. A seguir, confira uma seleção de endereços que oferecem a receita. 

Aguzzo 

O filetto aguzzo é um dos hits do cardápio do restaurante italiano. O filé mignon é envolvido por uma camada de croutons feitos de um pão especial, de fabricação própria, e grelhado na manteiga. Depois, é coberto por uma camada de queijo Grana Padano ralado, vai ao forno só para gratinar. O prato é servido com molho de tomate fresco e é guarnecido de gnocchi com sálvia (R$ 98). No delivery, o prato chega com espaguete ao molho pomodoro (R$ 79). 

Onde: R. Simão Álvares, 325, Pinheiros. 3083-7363. 12h/ 16h e 19h/ 21h (sáb. e dom. 12h/ 21h). Delivery pelo aplicativo próprio (Aguzzo Cucina Italiana) e pelo iFood. 

Filetto aguzzo, filé mignon em camada de croutons feitos de um pão da casa 

Filetto aguzzo, filé mignon em camada de croutons feitos de um pão da casa  Foto: Aguzzo

 

Fattoria Ráscal 

O restaurante, pertencente ao grupo Ráscal, tem a cozinha comandada pelo chef Leonardo Barbosa. Ao lado da chef executiva do grupo, Nadia Pizzo, ele desenvolveu a versão desse clássico paulistano, à base de miolo de alcatra Angus. A carne bem fininha é empanada em farinha de ciabatta produzida ali mesmo, com ervas e parmesão. Depois de frito, é coberto com mussarela, parmesão e finalizado com pesto de manjericão. Guarnecido de molho ao sugo, o prato tem acompanhamento à escolha, que pode ser batatas bravas (fritas e temperadas por páprica), tagliolini com manteiga e sálvia ou ravióli de espinafre com recheio de mussarela de búfala, parmesão e manjericão roxo (R$ 68).   

Onde: Al. Santos, 2152, Cerqueira César. 2827-3050. 12h/ 20h. Delivery próprio e pelo iFood. 

Versão do novo Fattoria Ráscal 

Versão do novo Fattoria Ráscal  Foto: Angelo Dal Bó

 

Casa Europa 

Misto de restaurante e empório, o local, que tem a cozinha sob o comando do chef Alexandre Vorpagel, oferece a sua versão da parmegiana, à base de french rack suíno. O corte com osso é empanado em farinha panko, frito e, em seguida, recebe uma porção do  molho de tomate de textura aveludada, que é feito na casa à base de tomate pelatti. O prato é finalizado com burrata Almeida Prado e rúcula selvagem (R$ 85). 

Onde: Al. Gabriel Monteiro da Silva, 726, Jardim Paulistano. 3063-5577. 12h/ 19h. Delivery pelo iFood. 

Versão da Casa Europa com carne de porco empanada na farinha panko

Versão da Casa Europa com carne de porco empanada na farinha panko Foto: Rodrigo Sacramento

 

Casa Parma 

O delivery tem como carro-chefe as parmegianas, elaboradas pelo chef Daniel Martins. Além da clássica, com filé mignon (a partir de R$ 68), ele oferece sugestões como a de mignon de porco Duroc (a partir de R$ 62,90) e a de berinjela (a partir de R$ 52,90). Em comum, as carnes e a berinjela são empanadas com farinha de pão e cobertas por um molho encorpado de tomate pelatti, mussarela e parmesão. Todas são servidas com arroz branco e batata frita - palito ou chips. Nesta semana, a marca também lançou para o jantar um cardápio de pizzas, com massa de longa fermentação.  

Onde: R. Dr. Homem de Melo, 988, Perdizes. 99991-0031. 11h/ 15h30 e 18h/ 22h (sáb. e dom. 12h/ 16h30 e 18h/ 22h. fecha seg.). Delivery próprio e pelas plataformas iFood, UberEats e Rappi   

Casa Parma 

Casa Parma  Foto: Keiny Andrade

 

Degas 

Famoso pelas parmegianas clássicas, o restaurante oferece diversas versões da receita, à base de filé mignon, frango ou contra filé. As carnes são empanadas em farinha especial, fritas e recebem uma camada (bem!) generosa de molho de tomate feito na casa - a receita é um segredo guardado a sete chaves. A versão clássica é coberta por mussarela, mas o menu também reúne variações com catupiry e aos quatro queijos. Em comum, as parmegianas passam pelo forno a lenha e chegam à mesa escoltadas por arroz e batatas fritas rústicas (a partir de R$ 75,90).       

Onde: Av. Pompéia, 796, Pompéia. 3873-0150. 11h/ 21h. Delivery próprio e pelo iFood. 

Bar do Alemão 

Com sede em Itu, no interior paulista, o tradicional endereço tem como carro-chefe o filé à parmegiana. A receita tem como base o filé mignon empanado e frito, queijo prato, molho de tomate e parmesão (a partir de R$ 76). Servido com arroz branco e batata, palha ou em gomos, o prato surge no cardápio em outras versões, à base de filé de frango (a partir de R$ 67) ou berinjela (a partir de R$ 64).  

Onde: Av. Juriti, 651, Moema. 5052-8333. 12h/ 19h (fecha 2ª). Delivery próprio ou pelo iFood.   

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?