Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Evvita: pizzaria do chef Luiz Filipe Souza abre salão

Depois de meses operando somente por delivery, casa abre as portas com pizzas criativas e entradinhas que valem a pena

21 de outubro de 2021 | 03:00 por Patricia Ferraz, O Estado de S.Paulo

Na primeira vez que for à Evvita, peça a cipolina. Mas antes que a pizza chegue à mesa, com a massa leve e tostadinha coberta com pedaços de cebola assada, jus de cebola e lascas de queijo cuesta (R$ 63), dê uma chance aos petiscos.

Eles são a primeira grande novidade na pizzaria que acaba de abrir ao público, depois de um ano e sete meses funcionando só para delivery. Uma das primeiras casas a “abrir fechada” na pandemia, em março de 2020, a pizzaria do chef Luiz Felipe Souza, sócio também do premiado Evvai, tem petiscos imperdíveis.

Arancini de polenta: bolinhos com a crosta delicada são recheados com queijo taleggio derretido.

Arancini de polenta: bolinhos com a crosta delicada são recheados com queijo taleggio derretido. Foto: Taba Benedicto/Estadão

 

Comece com o milho na lenha com manteiga, missô e limão cravo (R$ 27) - o milho é cortado ao meio, cozido, pincelado com manteiga, missô e limão, antes de ir ao forno a lenha. Fica macio e tostadinho, uma delícia. Outra ótima pedida são os arancini de polenta: os bolinhos têm a crosta delicada, levemente crocante, e recheio cremoso de polenta com queijo taleggio derretido (R$ 31, 6 unid). É impossível comer um só. Vou parar por aqui para não matar toda a sua fome antes da pizza, que é a grande pedida: individual, com massa de fermentação natural, aberta à mão. 

A escolha não é fácil. São muitas opções, surpreendentes e tentadoras. O cardápio exibe o talento do chef tanto para combinar ingredientes como para batizar suas especialidades: mercadão (combinação de mortadela, mussarela e pesto, R$ 57); catupiralho (pizza in bianco com catupiry, tomate confit e alho, R$ 57); oriundi (molho de beterraba, picles de beterraba, queijo marajó e basílico, R$ 61); petrucchio (mussarela de vaca e de búfala, palmito pupunha, tomate confit e sálvia, R$ 65).

Pizza cruda, combinação de peixe cru, stracciatella e manteiga de alice

Pizza cruda, combinação de peixe cru, stracciatella e manteiga de alice Foto: Taba Benedicto/Estadão

Mesmo quando o nome é comum, a receita surpreende. Quattro Formaggio? Leva taleggio, grana padano, mussarela, ricota de búfala, alecrim e flor de sal (R$ 55). É imperdível. E ainda tem invenções ousadas como a nera (R$ 77), com lagostins, molho de tomate al nero e straciatella; a maniva, que leva três versões de mandioca, mussarela defumada e vinagre balsâmico (R$ 55). E a cruda, que surge repaginada, mas continua entre as melhores criações do chef (R$ 67): combinação de peixe cru, stracciatella e manteiga de alice. - a manteiga vem à parte, ponha pouca para não encharcar a massa. 

Margherita está entre os sabores clássicos da Evvita.

Margherita está entre os sabores clássicos da Evvita. Foto: Taba Benedicto/Estadão

A segunda grande novidade da Evvita são pratos como nhoque, lasanha, milanesa, creme de espinafre e cabelo de anjo...que começam a ser servidos no fim do mês, só na hora do almoço. Quer dizer, você terá motivos para voltar e voltar ao restaurante instalado no lugar do extinto Saj, na rua Joaquim Antunes. Lugar amplo, moderno, com três ambientes e dois fornos a lenha à vista, um para o salão e o outro só para o delivery.

Serviço

Evvita

R. Joaquim Antunes, 260, Pinheiros 

Horário de funcionamento: 19h/23h (sáb. e dom. 16h/23h). 

Delivery pelo Rappi

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?