Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Falta d'água obriga restaurantes a usarem descartáveis na Califórnia

Por Luiza Pollo Mazurek

12 outubro 2015 | 18:20 por redacaopaladar

Se um cliente pedir steak e vinho em Fort Bragg, cidade turística no litoral da Califórnia, a 220 km ao norte de São Francisco, vai receber a refeição com a mesma qualidade de sempre, mas talvez seja um pouco mais difícil aproveitá-la. O garfo e a faca de plástico que serão colocados à mesa podem ser um desafio na hora de cortar a carne, e o vinho com certeza perde ao ser servido em um copo de plástico. E não adianta procurar outro estabelecimento: todos os restaurantes da cidade estão obrigados a servir as refeições em pratos, copos e talheres descartáveis.

A medida foi tomada por causa da seca que persiste há quatro anos no Estado. A água potável que abastece os pouco mais de 7 mil habitantes de Fort Bragg vem principalmente do rio Noyo, que está com o nível tão baixo que a água do mar começou a invadi-lo. Com a água do rio muito salgada para ser usada, foi decretado estado de emergência e a cidade precisou tomar medidas drásticas.

FOTO: Divulgação

A exigência atinge os restaurantes e hotéis da cidade e não foi a única medida tomada para reduzir o gasto de água em Fort Bragg, mas foi a mais comentada. Os donos de restaurantes não ficaram felizes com a decisão e alegam que os custos para comprar a nova “louça” serão muito altos.

Entre outras medidas estão a proibição de lavar carros e calçadas e regar jardins e a obrigatoriedade de consertar ou desligar equipamentos e canos que apresentem qualquer tipo de vazamento. Restaurantes e hotéis devem ainda servir água (potável, oferecida gratuitamente) apenas se solicitado e lavar toalhas e lençóis na menor frequência possível.

FOTO: Mônica Bento/Estadão

Válido na emergência. A situação em Fort Bragg agora é emergencial. Em longo prazo, no entanto, a medida pode não ajudar na crise hídrica. Uma pesquisa da Universidade Federal de São Carlos revelou que a fabricação de um copo descartável pode gastar até dez vezes mais água do que lavar um copo de vidro. Algumas fábricas reutilizam a água gasta, mas isso não é regra. No processo mais comum de fabricação, o gasto pode chegar a três litros de água por unidade de copo de plástico, enquanto para lavar o de vidro são usados aproximadamente 300 ml. Na máquina de lavar louças o uso é ainda menor. O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia (IFSP) Itapetininga calcula que apenas 100 ml de água sejam gastos nesse tipo de lavagem.

Por enquanto, os restaurantes de Fort Bragg esperam que a câmara municipal revogue a decisão na próxima reunião, que acontece na terça-feira, dia 13. A imprensa local diz que as medidas proibitivas podem voltar a ser sugestões contra o desperdício em breve.

Ficou com água na boca?