Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Fica aí: Nem precisa ser supersticioso...

O leitão da Bairrada é um dos grandes pratos de Portugal e está na lista das sete maravilhas da mesa portuguesa

30 de dezembro de 2020 | 05:00 por Patricia Ferraz, O Estado de S.Paulo

Todo mundo tem suas mandingas de passagem de ano, mas evitar aves no cardápio virou regra indiscutível de Réveillon – numa hora dessas, quem vai querer por perto o peso do simbolismo de um animal que cisca para trás? Nada de peru, chester ou frango, portanto. Recomendado para a ocasião, como se sabe, é o porco, que fuça para frente. Esse, sim, carrega até reconhecimento histórico: está associado à prosperidade desde os tempos do Antigo Império Romano, quando já representava riqueza e fartura. Por que duvidar?

Mas ninguém precisa ser supersticioso para apreciar um bom leitão da Bairrada, basta ser carnívoro e gostar de comer.

O leitão da Bairrada do Rancho Português.

O leitão da Bairrada do Rancho Português. Foto: Rancho Português

Trata-se de um dos grandes pratos de Portugal e está na lista das sete maravilhas da mesa portuguesa (as outras seis são o queijo da Serra da estrela, as alheiras de Mirandela, o caldo verde, arroz de mariscos, sardinhas assadas e os pastéis de Belém!). E é realmente uma maravilha. Para começar, a carne é tenra e tem pouca gordura. A pele fica estaladiça, como dizem os portugueses, o que significa crocante – parece vitrificada de tão brilhante. O preparo deve seguir as regras estabelecidas pela Confraria do Leitão da Bairrada, com sede em Sangalhos, com base na receita tradicional da região, localizada no centro do país, onde o prato tem sido preparado da mesma maneira desde o século 17. São apenas duas raças suínas permitidas, os animais devem ter sido alimentados apenas com leite e abatidos entre 30 a 40 dias de vida. O leitão é recheado com uma mistura da própria banha, alho, pimenta-do-reino e cheiro verde e assado inteiro em espeto, em um forno a lenha, por 2 horas e 15 minutos. É tradicionalmente servido com gomos de laranja, salada simples e às vezes também com batatas.

Se quiser atrair ainda mais fortuna, prepare em casa uma guarnição extra: farofa de frutas secas, outro clássico do Réveillon. A bebida que tradicionalmente acompanha o prato é um espumante (em Portugal o espumante da região), outra boa pedida para animar a ceia.

O Rancho Português é um dos poucos endereços na cidade que servem o leitão da Bairrada. O prato ali é feito à moda tradicional – vá com calma com o molho, forte e picante. O Rancho trouxe até o forno de Portugal. O leitão pode ser servido em porções (R$ 227 para duas pessoas) ou inteiro (R$ 1.078 para oito pessoas). O restaurante faz delivery e aceita encomendas para retirada. Ainda dá tempo de encomendar hoje para a ceia de amanhã. Mas, se preferir deixar para outra ocasião, tem o ano todo.

Rancho Português: Avenida dos Bandeirantes, 1051, Vila Olímpia, tel. 11-2639-2077. Site www.ranchoportugues.com.br.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?