Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Ginger é o novo balcão democrático de Pinheiros

Na já movimentada esquina das ruas Vupabussu com a Costa Carvalho, bar oferece drinques, chope gelado e petiscos variados em espaço diminuto para quem está de passagem ou procura ambiente descomplicado

20 setembro 2017 | 21:19 por Renata Mesquita

Quem opta pelo bairro do Baixo Pinheiros (nome que o polo gastronômico próximo ao rio Pinheiros informalmente leva) para aproveitar uma noite de bons drinques tem agora mais uma opção de balcão para se encostar. O Ginger acaba de abrir as portas na já povoada interseção da rua Costa Carvalho com a Vupabussu. Colado com o intimista Negroni, bem em frente ao despojado Pirajá, a nova casa oferece um pouco destes dois universos ao cliente: drinques bem feitos e chope tirado com atenção.

A nova casa é moderna mas diminuta, são 30 lugares divididos em 40 m², e boa parte deles no extenso balcão que avança até a calçada. A proposta é acomodar desde quem procura tomar coquetéis noite à dentro até quem está de passagem e só quer molhar a garganta com um chope gelado, que pode ser desde o tradicional Brahma (R$ 8,20 ) – servido na tulipa fininha – ou IPA artesanal da Villa Alemã (R$ 14,50).

Bar em Pinheiros tem balcão que se estende até a calçada

Bar em Pinheiros tem balcão que se estende até a calçada Foto: Nilton Fukuda|Estadão

Os drinques são variados, desde clássicos como negroni e dry martini (R$ 25) e a agora quase indispensável lista de gim tônicas (todas R$23), até as criações da casa com bastante gengibre. Quem garante a qualidade do que sai de trás do balcão é a dupla Mário César e Kelé, ambos com uma década de Pirajá no currículo, incluindo o cargo de chef de bar. Foi lá também que conheceram o terceiro sócio da casa, Gabriel Ceneviva, cliente assíduo do bar da frente. Tatiana, irmã de Gabriel completa o time por trás da nova casa. 

Os comes atendem diferentes públicos. Para os mais famintos, costelinha de porco com molho de gengibre e limão-galego em tiras(R$ 28). Para acompanhar o chope, canapés inspirados no petisco mais famoso do Bar do Léo, de steak tartar ou de linguiça blumenau (R$ 27, porção com 12 unidades).

Dos antigos patrões a dupla que comanda o bar quer levar a cultura de atendimento próximo aos clientes. 

Serviço

R. Padre Carvalho, 26, Pinheiros.

Horário de funcionamento: 17h/0h (sáb., 12h/0h; dom., 12h/22h, fecha segunda). 

Ficou com água na boca?