Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Guia Michelin lança edição alemã e cria categoria de comida de rua em Hong kong

Conheça os restaurantes estrelados pelo guia francês na Alemanha e na China

17 novembro 2015 | 20:13 por redacaopaladar

Por Jamylle Mol

Especial para o Estado

Em sua 50ª edição, o Guia Michelin na Alemanha trouxe uma baixa: a lista de restaurantes consagrados com três estrelas caiu de 11 para 10, com a saída dos tradicionais Amador e La Belle Epoque, fechados no ano passado, e a entrada do The Table Kevin Fehling, restaurante de cozinha contemporânea em Hamburgo tocado pelo chef Kevin Fehling.

FOTO: Divulgação

Ficou com água na boca?

Este ano, 26 restaurantes conquistaram a sua primeira estrela do livro vermelho, enquanto outros 15 perderam a única estrela e deixaram de constar no Guia. Alemanha só perde para a França no número de restaurantes classificados com três estrelas e também abriga um alto número de casas com uma estrela: 241.

Os restaurantes Horváth (em Berlim), Lafleur (em Frankfurt), Atelier (em Munique) e Schanz (em Piesport) foram os únicos novos restaurantes alemães que receberam duas estrelas este ano. Outros 35 restaurantes mantiveram a posição e continuam biestrelados no Michelin. Veja aqui a lista completa.

Grupos cozinha na rua em Hong Kong. FOTO: Carlos Barria/Reuters

Na Ásia. Lançada no início do mês, a edição deste ano de Hong Kong do Guia Michelin lançou uma nova categoria: comida de rua. 23 lugares da cidade e 12 das cercanias de Macau entraram na lista, servindo pratos como porco frito e arroz tailandês. A intenção, segundo o diretor do Guia, Michael Ellis, é refletir um pouco do cenário gastronômico de cada cidade ou país. Por isso, no caso de Hong Kong, onde a comida de rua tem uma forte tradição local e turística, a nova categoria foi criada. A cidade chinesa tem uma lista com sete restaurantes classificados em três estrelas, 15 com duas estrelas e seis com apenas uma.

Ficou com água na boca?