Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Guia Michelin revela os restaurantes estrelados da França

Em cerimônia marcada pelo luto, Plaza Athénée, de Alain Ducasse, ganha sua terceira estrela

01 fevereiro 2016 | 20:04 por Carla Peralva

"O único que importa", disse certa vez o chef Paul Bocuse sobre o Guia Michelin, publicação que classifica os melhores restaurantes de cada país com uma, duas ou três estrelas. Nesta segunda, 1, a edição 2016 para os restaurantes franceses foi anunciada em uma cerimônia marcada pelo luto: foi aberta com um minuto de silêncio em homenagem a Benoît Violier, chef franco-suíço encontrado morto em sua casa neste domingo

Duas novas casas entraram para o rol das triestreladas, ambas em Paris: o restaurante Plaza Athénée, do renomado chef Alain Ducasse, e o Le Cinq, comandado por Christian Le Squer. Além delas, outras 52 entraram na seleção pela primeira vez: dez com duas estrelas e 42 com uma. No total, o Michelin deu estrelas a 600 restaurantes da França, nove a menos do que no ano passado. 

Christian Le Squer, chef do Le Cinq; Claire Dorland-Clauzel, vice-presidente de relações externas da Michelin; Michael Ellis, diretor geral do Guia Michelin e Alain Ducasse, chef do Plaza Athénée.

Christian Le Squer, chef do Le Cinq; Claire Dorland-Clauzel, vice-presidente de relações externas da Michelin; Michael Ellis, diretor geral do Guia Michelin e Alain Ducasse, chef do Plaza Athénée. Foto: Michel Euler|AP

Alain Ducasse conquistou uma nova estrela com o Plaza, mas perdeu uma com o Le Meurice, também em Paris, que agora carrega duas estrelas.  

Outro restaurante que perdeu sua terceira estrela foi o Le Relais Bernard Loiseau, em Saulieu, comandado por Dominique Loiseau, viúva do chef que dá nome restaurante, que tirou sua própria vida em 2003. Na época, a imprensa especulou a perda de pontos do restaurante no guia Gault & Millau e o medo de perder a terceira estrela Michelin como algumas das possíveis motivações para o suicídio. "Estou muito chocada e decepcionada", disse Dominique nesta segunda. 

Guia estará à venda na França a partir do dia 5 de fevereiro.

Guia estará à venda na França a partir do dia 5 de fevereiro. Foto: Michel Euler|AP

Este ano, além dos estrelados e dos Bib Gourmand (restaurantes com bom custo benefício, que oferecem uma refeição em três etapas por no máximo 36 euros em Paris, ou 32 euros fora da capital), uma nova categoria foi criada: L'Assiette (o prato, em português). Ela lista restaurantes que possuem comida de boa qualidade mas não entraram nas classificações anteriores. 

A lista completa de restaurantes que entraram na lista este ano está aqui. 

Ficou com água na boca?