Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Isla Oriente volta ao delivery com pratos da cozinha oriental

Exclusiva para viagem, marca foi criada pelos donos do Isla Café, em Pinheiros, Iza Ribeiro e Marcus

23 de junho de 2022 | 03:00 por Patrícia Ferraz, O Estado de S.Paulo

Prato do novo Isla Oriente são embalados em caixas tipo China in Box.

Prato do novo Isla Oriente são embalados em caixas tipo China in Box. Foto: Marcus Ozi

A reserva no Boucherie foi confirmada para às 13h da quarta-feira, dia 15, e eu estava animada para conhecer o novo “quartier” de restaurantes de Claude e Thomas Troisgros em São Paulo. Mas Murphy (aquele da lei especializada em desperdiçar torrada e manteiga) tinha dado sinais durante a noite: garganta arranhando, espirros…O jeito era fazer, mais uma vez, um teste rápido de covid: deus-me-livre contaminar qualquer pessoa, imagine infectar o chef mais simpático do País. E eis que, depois de dois anos e meio invicta, apareceram os dois palitos, indicação de positivo para covid. A repórter Renata Mesquita honrou a reserva no Boucherie – e fez uma deliciosa matéria, publicada na segunda-feira

Dumplings recheados de camarão, porco e broto de bambu 

Dumplings recheados de camarão, porco e broto de bambu  Foto: Marcus Ozi

De volta aos tempos da quarentena, aproveitei para testar o delivery do Isla Oriente, que reabriu após dois anos. A marca, exclusiva para viagem, foi criada pelos donos do Isla Café, em Pinheiros, Iza Ribeiro e Marcus Ozi. Cardápio enxuto, comida oriental com toques autorais, tudo para comer na caixinha com hashis, despretensiosamente. E o veredito é o seguinte: com ou sem isolamento, experimente.

Comece com os dumplings recheados de camarão, porco e broto de bambu (R$ 38, porção com 4 unidades). Vêm com geleia de pimenta, mas nem precisaria, são ótimos puros.

+ Comida de caixinha: identidade visual nas embalagens agrega valor ao delivery

Outra boa pedida são as mini almôndegas de barriga de porco com abacaxi, que chegam bem acompanhadas: a ideia é enrolar as bolinhas em folhas de alface, com bifum, coentro, broto de bambu, cenoura e amendoim e mergulhar no molho de amendoim (R$ 36, com 5 unidades). O phad thai estava de raspar o fundo da caixinha, com macarrão de arroz frito, camarão e vegetais em perfeito equilíbrio (R$ 60). Tem uma versão com tofu e vegetais (R$ 42), entre outras sugestões para os vegetarianos. 

Mini almôndegas de barriga de porco com abacaxi

Mini almôndegas de barriga de porco com abacaxi Foto: Marcus Ozi

Na próxima, vou pedir o arroz frito Kung Chowfan com camarão, broto de bambu, ovo, cenoura, ervilha, coentro e cebolinha (R$ 78). Quero provar também um dos três curries da casa, o verde com vegetais, chutney de manga e amendoim (R$ 46); o amarelo, com almôndegas de porco e kimchi; ou o vermelho, com lula e camarão, arroz de jasmim, banana empanada e farofa de amendoim (R$ 84). Ah, para alguns pratos existe a opção de pedir picância leve, média ou intensa

Os pedidos são pelo iFood ou pelo WhatsApp. 11h/23h (fecha domingo).      

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?