Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Jefferson Rueda reúne chefs de todo Brasil para banquete

Cozinheiros de todo o País vão se reunir na Casa do Porco para a terceira edição do Porco Mundi. 31 chefs vão preparar coquetéis, entradas, pratos e sobremesas à base de porco

11 julho 2018 | 20:14 por Patrícia Ferraz

A próxima edição do Porco Mundi vai ser uma festa – mais exatamente um banquete, preparado por 31 cozinheiros de diferentes partes do País, no jantar do dia 23 de julho, na Casa do Porco. Os chefs vão se revezar na cozinha, cada um fazendo uma receita com porco, entre coquetéis, entradas, pratos e sobremesas – tudo em tamanho reduzido, é claro. 

Faz três anos que Jefferson Rueda promove o Porco Mundi, um evento que tem o objetivo de valorizar e explorar as possibilidades da carne suína. Nas edições anteriores, convidou estrangeiros. Dessa vez, depois de ver de perto a união e o clima de camaradagem de cozinheiros espanhóis, quando participou da festa de premiação do 50 Best em Bilbao, em junho, sentiu uma pontinha de inveja e achou que já passava da hora de fortalecer o vínculo entre cozinheiros brasileiros.

O chef Jefferson Rueda abre as portas da Casa do Porco para banquete com chefs de todo o Brasil

O chef Jefferson Rueda abre as portas da Casa do Porco para banquete com chefs de todo o Brasil Foto: Gabriela Biló|Estadão

Fez uma lista e disparou os convites, empenhado em promover a troca de experiências e a valorização de modos regionais de tratar a carne suína.

O banquete foi tomando corpo, cozinheiros pesquisaram receitas, fizeram testes e o resultado é um cardápio que promete ser memorável. O coquetel terá nove itens, Thiago Castanho, do Remanso do Bosque em Belém do Pará vai fazer o peixepoca, uma brincadeira com o porcopoca, hit da Casa do Porco. Será um crocante de pele de peixe com açaí e sangue de porco.

Fabrício Lemos, do Origem, em Salvador, vai preparar torresmo de camarão com porco de fumeiro e aioli de pimenta doce. Onildo Rocha, de Cozinha Roccia, em João Pessoa, vai servir um bun com tripa de porco crocante, maionese de limão e gengibre. As entradas incluem um escabeche de manjuba e copa lombo, de Eudes Assis, do Taioba, em Camburi e a terrine de cabeça de leitoa grelhada com limão-cravo e canela, receita de Leo Paixão, do Glouton de Belo Horizonte. 

São dez pratos principais, ao todo, e a seleção começa com abacaxi e carne-seca de Marcelo Correa Bastos, do Jiquitaia e do Vista em São Paulo. Pier Paolo Picchi, do Picchi, vai fazer cannoli de miúdos. Mara Salles, do Tordesilhas, vai trabalhar com os pertences com caldo de feijão, orelha, pé e rabo de porco. Rodrigo Oliveira, do Mocotó, traz sarapatel de queixada. Thomas Troisgros, do carioca Olympe, faz leitão confit com glace de uva e maçã. Alysson Müller, do Rosso em Florianópolis, prepara arroz de polvo com linguiça de Blumenau e pimentão braseado.

Na sobremesa, choux de milho com crocante de bacon, por Vivi Wakuda; e bacon, mel, flores, da dupla Barbara Verzola e Pablo Pavon, do Soeta, em Vitória. E ainda tem os petit-fours. Como a festa deve rolar até altas horas, vai ter até café da manhã com sotaque do pantanal: requeijão da Dona Gonçalina, rapadura de mamão verde, cana e gengibre de dona Dulvalina, paçoca de pilão e piché. Tudo ao som de As Bahias e a cozinha mineira.

O evento será aberto ao público (só 40 lugares) e os ingressos têm de ser comprados antecipadamente. O preço do jantar é de R$ 380 por pessoa. Com harmonização de bebidas, R$ 560. 

SERVIÇO

3ª EDIÇÃO PORCO MUNDI 

Onde: A Casa do Porco - R. Araújo, 124, República 

Quando: dia 23/7, às 19h 

Reservas: 3258-2578

Ficou com água na boca?