Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Kouzina tem comida grega caseira que vara a madrugada

O Kouzina, novo restaurante do grupo grego Phos, dono também do Myk, já está aberto. E movimentado – abriu no sábado e encheu; no domingo, idem; e na segunda-feira não havia lugares disponíveis na hora do almoço. A clientela chegava a pé, boa parte deve ter notado a retirada dos jornais gregos que encobriam a fachada do imóvel na esquina da Peixoto Gomide com a Alameda Lorena durante a reforma, uma bela estratégia de marketing.

24 de junho de 2015 | 19:48 por redacaopaladar, Estadão Conteúdo

FOTOS: Divulgação

O lugar é convidativo, com amplas janelas de vidro, chão de concreto, paredes brancas, e abarrotado de mesas decoradas por latas de tomate (gregas, claro) fazendo as vezes de vasinhos. O negócio ali é comida grega mais caseira que a do Myk. O restaurante vai abrir para o café da manhã e funcionar sem parar até a madrugada – até 5 de julho, no entanto, ficará aberto das 12h à 0h.

Para beber, um tinto (R$ 19) e um branco (R$ 18) da casa, ambos gregos e de importação direta, servidos em canecas de alumínio coloridas, e um rosé francês (R$ 22). Há uma pequena oferta de cervejas comuns e algumas sugestões de destilados e licores gregos, usados no preparo de drinques. Para encerrar, café grego (R$ 3) servido em canequinhas de cobre com cabo longo.

No futuro, a ideia do grupo é abrir outros Kouzina pela cidade, além de uma importadora de produtos mediterrâneos.

SERVIÇO | Kouzina

R. Peixoto Gomide, 1.710, Jd. Paulista

Tel.: 2935-0888

Horário de funcionamento: Até 5 de julho, soft opening das 12h à 0h. Depois, todos os dias, das 8h às 4h da manhã.

>>Veja a íntegra da edição do Paladar de 25/6/2015

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?