Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Le District, em Nova York, é um Eataly à francesa

Recém-inaugurado em Nova York, o food hall de comida francesa reúne café, pâtiserrie, rotisserie, restaurantes e empório

08 abril 2015 | 20:32 por José Orenstein

De Nova York

Um novo e aguardado minitemplo gastronômico abriu as portas na semana passada em Nova York: o Le District.

Aguardado porque há quase dois anos a mídia local antecipa essa abertura; minitemplo porque ocupa quase 3 mil m². O Le District é um food hall, modismo da vez no mundo da gastronomia. Trata-se de um amplo espaço com várias opções de comida, para levar ou comer ali mesmo, que tem se replicado em vários países – e poderia ser chamado também de praça de alimentação requintada.

Enorme. O Le District é um food hall que ocupa quase 3 mil metros quadrados e fica no sul de Manhattan, bem perto do One World Trade Center. Ele é dividido em quatro áreas (café, mercado, jardim e restaurantes). FOTO: Pablo Enriquez/NYT

“Na verdade eu não devia lhe apresentar dessa forma. Mas é, de fato, um Eataly francês”, diz uma atendente, que recebia os primeiros curiosos no Le District vestida com uma caricatural camiseta com listras pretas e brancas, à francesa. No som ambiente, pop francês: de Carla Bruni a Charles Aznavour.

O novo empreendimento em muito se assemelha à Eataly, uma mistura de empório e restaurante que começou na Itália, e ganhou franquias pelo mundo – e deve ser inaugurada este mês em São Paulo. A de Nova York abriu em 2010 e desde então vive lotada: num imenso salão de 4 mil m², pode-se provar ou levar para casa as diversas especialidades e ingredientes da cozinha italiana.

Assim, embora os donos evitem o rótulo – o empresário da gastronomia Peter Poulakakos lidera o negócio –, o Le District é a resposta gaulesa ao Eataly. E, à primeira vista, é no mínimo uma resposta à altura.

Marinière. A camiseta de listras pretas e brancas – que era usada pelos marinheiros e foi transformada em ícone francês por Coco Chanel – é o uniforme da equipe do Le District, onde a trilha sonora é o pop francês

O Le District fica na parte mais ao sul de Manhattan, no distrito financeiro da cidade – que tem recebido grandes investimentos do mercado imobiliário para se reerguer – dentro de uma espécie de shopping à beira do rio Hudson, o Brookfield Place. Do outro lado da rua fica o One World Trade Center, prédio erguido no local onde antes ficavam as torres gêmeas.

O fluxo de turistas deve ser garantido ali, assim como o de funcionários dos escritórios do distrito financeiro. No dia da inauguração, dezenas de homens e mulheres circulavam com crachás pendurados, escolhendo o almoço.

O Le District é dividido em… distritos: logo à entrada fica o do café, com uma pâtisserie clássica, crepes, cafés e uma loja de doces parisiense que vende delícias como caramelo salgado (por módicos US$ 6, melhor não converter).

Em seguida, no meio do espaço, fica o distrito onde se concentra o comércio típico de bairro francês: estão ali a padaria, o açougue, a peixaria, a queijaria, o bar à vin, além de uma rotisserie. Tem até uma floricultura. Tudo pode ser levado para casa devidamente embalado para viagem ou provado no local (exatamente como no Eataly).

Para levar. O mercado recria o típico comércio de um bairro francês

Na sequência, chega-se ao distrito do jardim. É ali que são vendidas verduras, leite e também alguns pequenos pratos prontos para levar. Ali também funciona um bar de saladas que depois das 16h vira bar de mousse de chocolate.

Por fim, há o distrito dos restaurantes: por enquanto, apenas dois estão funcionando, o Beaubourg, com cardápio inspirado nas brasseries, mais simples, e o Le Bar, com oferta de cervejas, drinques e ostras. O restaurante L’Appart, menor e com menu degustação de Jordi Vallès, o diretor gastronômico do Le District, deve abrir em maio.

Em uma cidade em que a cada semana surge uma novidade, o Le District, embora instalado numa região bastante conhecida, mas que não tem um perfil gastronômico forte, se destaca e deve ter uma clientela garantida. Turistas brasileiros com certeza vão aproveitar a novidade, Resta saber se manterá o alto padrão e o clima simpático e divertido de seu predecessor italiano, o Eataly.

SERVIÇO - Le District

Liberty Street, 225, Nova York

Tel.: (212) 981-8588

www.ledistrict.com

>>Veja a íntegra da edição do Paladar de 9/4/2015

Ficou com água na boca?