Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Maré alta! Seis restaurantes especializados em peixes e frutos do mar

Confira uma seleção de endereços onde os pescados e crustáceos são protagonistas

15 de janeiro de 2021 | 05:00 por Cintia Oliveira, Especial para o Estado

É verão! Tempo de aproveitar o que o mar tem de melhor a oferecer. Ao menos para os entusiastas da cozinha e da boa mesa, isso é sinônimo de pescados e crustáceos, que têm tudo a ver com o calor da estação. Repletos de personalidade e delicadeza, os peixes e frutos do mar esbanjam versatilidade na cozinha e não exigem preparos muito complexos para brilhar - basta estarem bem frescos.

E se você quer aproveitar o melhor dos pescados e crustáceos, nem é preciso subir a serra, porque diversos restaurantes da capital paulista são experts em receitas à base de pescados e crustáceos. A seguir, confira alguns endereços:

Moqueca de caramão do restaurantes Badauê.

Moqueca de caramão do restaurantes Badauê. Foto: Daniel Cancini

 

Amadeus 

Comandado pela família Masano há mais de três décadas, o Amadeus oferece uma seleção de pratos elaborados com pescados e frutos do mar, que chegam diariamente ao restaurante. Da cozinha, sob o comando da chef Bella Masano, saem sugestões como a caldeirada do comandante (lombo de peixe, camarão, lula, vôngole, polvo e mariscos ao molho de tomate com ervas, R$ 168, individual; R$ 295, serve 2 pessoas) e o peixe do no papelote, com tomates, cebola, alcaparras e farofa de azeitonas (R$ 135). Outro destaque fica por conta das ostras de cultivo próprio do restaurante, em Santa Catarina (R$ 49, 6 unidades).

Onde: R. Haddock Lobo, 807, Jardins. 3061-2859. 12h/ 15h e 19h/ 23h (sex. e sáb. 12h/ 16h30 e 19h/ 0h. dom. 12h/17h)

Cais

Sob o comando de Guilherme Giraldi e Adriano de Laurentiis, o restaurante apresenta uma cozinha autoral, com base nos pescados e frutos do mar. O enxuto cardápio muda constantemente, para se adaptar à oferta de matéria-prima. Entre as sugestões, elaboradas por Laurentiis, destaque para a coxinha de siri (R$ 29, 3 unidades), a lula grelhada na brasa com creme de alho, servida com pão feito na casa (R$ 52) e o peixe do dia na brasa, servido com homus e vinagrete de feta (R$ 69). Outra atração do restaurante são os itens de charcutaria, elaborados por Giraldi, como a alheira de peixe, à base de aparas de peixe branco, pão, alho, vinho branco, salsinha e azeite (R$ 39).

Onde: R. Fidalga, 314, Vila Madalena. 3819-6282. 19h/22h (qui. e sex. 12h/15; sáb. 12h/16h. fecha seg. e ter.)

Lombo de bacalhau ao forno com crosta de pão, do Amadeus.

Lombo de bacalhau ao forno com crosta de pão, do Amadeus. Foto: Ricardo

Dalmo Bárbaro 

Inaugurado em 1963, o restaurante especializado em pescados e frutos do mar começou como um quiosque na beira da estrada de Bertioga e, anos depois, foi transferido para a praia da Enseada, no Guarujá (SP) e ganhou uma filial na estrada Rio-Santos. Em 2015, subiu a serra e trouxe para a capital paulista os clássicos já consagrados na casa, que somente por aqui também são servidos na versão individual. É o caso do marisco lambe lambe, servido com molho de tomate, cebola, azeite e vinho branco, acompanha torradinhas (R$ 65, serve duas pessoas) e o filé de pescada cambucu grelhado ao molho de manteiga e alcaparras, servido com batata sauté e palmito laminado (R$ 94, individual; R$ 176, serve 2 pessoas; R$ 268, serve 4 pessoas). 

Onde: R. Gironda, 188, Jardim Paulista. 2985-4002. 12h/ 17h (qui. 12h/ 15h e 19h/ 22h. sex. e sáb. 12h/ 22h. dom. 12h/ 17h. fecha seg.)

Badauê 

Com sede em Juquehy, no litoral norte paulista, e uma filial em Maresias (SP), o restaurante inaugurado há mais de duas décadas abriu uma unidade em São Paulo no início de 2019. O local segue o mesmo conceito da matriz e oferece pratos de inspiração caiçara, à base de pescados e frutos do mar. Aliás, os produtos frescos, vindos do litoral paulista e de Santa Catarina, chegam fresquinhos e são porcionados na peixaria que funciona dentro do restaurante. O peixe do dia assado na folha de bananeira, com recheio de farofa de banana e camarões, que chega à mesa com arroz branco e pirão (R$ 208, serve 2 pessoas), além da moqueca de camarão com banana-da-terra, servida com arroz com chips de coco, farofa de dendê e pirão (R$ 258, serve 2 pessoas), são algumas pedidas do menu. 

Onde: R. José Maria Lisboa, 1397, Jardins. 2894-1804. 12h/15h e 19h/22h. (sáb. 12h/ 17h e 19h/ 22h. dom. 12h/ 18h.

Pratos do restaurante Cais, na Vila Madalena.

Pratos do restaurante Cais, na Vila Madalena. Foto: Bruno Geraldi

 

Rufino’s 

A filial paulistana do restaurante, que funciona desde a década de 1970 no Guarujá (SP), apresenta uma seleção de pratos clássicos, à base de pescados e frutos do mar. Entre as sugestões do cardápio, destaque para o caixote à mediterrâneo, que inclui tranche de peixe, camarão, polvo, vieira, ostra, marisco ao molho de vinho branco, servido com batata, cebola e brócolis (R$ 108), além do camarão à húngara - um clássico da casa - assado com molho à base de páprica e servido com batatas (R$ 135, o individual; R$ 238, serve 2 pessoas).     

Onde: R. Dr. Mário Ferraz, 377, Itaim Bibi. 3074-8800. 12h/ 15h e 19h/ 22h (sex. 12h/ 16h e 19h/ 22h. sáb. e dom.  12h/ 22h)

Il Pescatore 

Os frutos do mar são protagonistas do restaurante, especializado em cozinha mediterrânea. A influência portuguesa marca presença na casa, que é comandada por ex-funcionários do A bela Sintra. Entre as sugestões do cardápio, elaborado pelo chef Francisco Tributino, destaque para o bolinho de bacalhau (R$ 33, 8 unidades), o polvo a pescatore, servido com batatas ao murro e brócolis (R$ 121), além do camarão al limone, servido com risoto de limão-siciliano (R$ 113) 

Onde: R. José Maria Lisboa, 891, Jardins. 4281-2384 12h/ 15h e 19h/ 22h (dom. 12h/ 17h. fecha seg.)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?