Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Mondo Pane combina sanduíches de Salvatore Loi com carta de vinhos

Mondo Pane abre desde o café da manhã, com pães à venda, mas clima é de bar de vinho, bom para happy hour

07 novembro 2018 | 20:28 por Ana Paula Boni

O nome carrega a palavra pão, mas não pense numa padaria convencional. Até tem uma estante com pães para levar para casa, mas o foco do Mondo Pane, que vai estrear com brunch neste domingo (11), são sanduíches (feitos com esses pães) e outras receitas descomplicadas de Salvatore Loi para acompanhar uma garrafa de vinho.

Hambúrguer. No pão com crosta de farinha de arroz, tem carne, berinjela e cebola

Hambúrguer. No pão com crosta de farinha de arroz, tem carne, berinjela e cebola Foto: Gabriela Biló|Estadão

Esse clima de bar de vinho está na decoração da casa, com sofá de couro, mobiliário e paredes escuras, iluminação baixa, convidativo para a happy hour. Mas o local abre já às 8h, com menu de café da manhã (omeletes, croissants e ciabattas recheadas). Depois do meio-dia, o cardápio muda e entram em cena os sanduíches (além de saladas e quatro opções de prato).

Salvatore Loi, que começou a estudar pães de fermentação natural na época do extinto Girarrosto (e de lá carregou o padeiro que cuida da sua atual produção, Rodolfo Maniçoba), elenca pão italiano, ciabatta, baguete, pão de centeio, panini, pão de chocolate, pão de hambúrguer e outros. “Mas não gosto do pão italiano de casca muito dura. Queria pães mais macios, com casca mais sutil”, adianta Loi.

Cinco opções estarão sempre à disposição na estante para levar para casa; outras são exclusivas de receitas, como o pão do hambúrguer, macio por dentro e com crosta fina de farinha de arroz, que não deixa o pão desmanchar com o recheio de carne angus, maionese, berinjela à parmegiana e cebola frita (não o anel, mas uma fatia maciça, R$ 58).

Essa crosta de farinha de arroz, aliás, vem do pão do couvert do restaurante Mondo Gastronômico, irmão mais velho do Mondo Pane. As casas fazem parte do grupo 8+, que tem Lalo Zanini à frente também da Tartuferia San Paolo e da Tartuferia Giapponese.

Ambiente do novo Mondo Pane

Ambiente do novo Mondo Pane Foto: Gabriela Biló|Estadão

De volta ao pão do couvert, foi ele que despertou para a criação do Mondo Pane. Fazia tanto sucesso à mesa que a clientela pedia para levar para casa e, em meados deste ano, o restaurante passou a ter fornadas para vender.

Pois esse pão do couvert vira sanduíche no Mondo Pane com crudo de carne, avelã e queijo de cabra (R$ 39) e ainda tem, entre os cinco sanduíches, o de pão de leite com atum mal passado, mussarela de búfala, maionese de ervas e azeite (R$ 42), todos bem servidos, acompanhados de salada, que podem ser devorados à mão ou com talheres.

“A ideia é reproduzir receitas minhas de prato dentro de um pão. Atum com mussarela, por exemplo, é um prato que me acompanha desde a Itália”, conta Salvatore, que entre os pratos principais traz o hambúrguer citado acima (não está entre os sanduíches) e algumas massas. Opção é o nhoque com almôndegas de carne e molho de tomate (R$ 51), ao estilo de como sua mãe Antônia fazia, não fritando a carne crua, e sim cozida, como se fosse um bolinho de ragu.

Para acompanhar tudo isso, há 28 rótulos de vinhos principalmente da Itália, com opções em taça (em torno de R$ 25).

Atum. Peixe e mussarela no pão de leite

Atum. Peixe e mussarela no pão de leite Foto: Gabriela Biló|Estadão

SERVIÇO

Mondo Pane

R. Haddock Lobo, 1.398, Jardim Paulista

Tel.: 3064-4333

Funcionamento: 8h/23h (dom., 8h/22h)

Ficou com água na boca?