Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

No Ça-Va, Jacquin apresenta sua Paris na Bela Vista

Bistrô do chef francês jurado do Masterchef oferece clássicos reconfortantes

03 de fevereiro de 2022 | 05:00 por Patricia Ferraz, O Estado de S.Paulo

Reserve uma mesa no Ça-Va Cuisine de Famille se quiser ir da Bela Vista direto para Paris. O restaurante remete à França, num ambiente alegre, com pé direito alto e paredes coloridas, repletas de pôsteres e gravuras divertidas. No terraço da entrada, duas mesas – as únicas com toalha xadrez azul e branco –  são boa alternativa para esses tempos pandêmicos. 

Salão do Ça-Va Cuisine de Famille remete à França, num ambiente alegre, com pé direito alto e paredes coloridas, repletas de gravuras divertidas

Salão do Ça-Va Cuisine de Famille remete à França, num ambiente alegre, com pé direito alto e paredes coloridas, repletas de gravuras divertidas Foto: Taba Benedicto/Estadão

Neste bistrô, que o chef Erick Jacquin comprou e mantém há dois anos, há tudo o que se espera de um restaurante francês por aqui. Escargots (R$ 71), sopa de cebola (R$ 41), filé mignon ao poivre com fritas (R$ 105), entrecôte rôti com batatas gratinadas (R$ 115), lentilhas verdes du Puy com ovo frito e bacon (R$ 36), prato de queijos (R$ 48)…

File au poivre com batatas fritas 

File au poivre com batatas fritas  Foto: Taba Benedicto/Estadão

Muito mais que o jurado famoso e carismático do Masterchef, Jacquin é um chef francês talentoso e autêntico (tanto no domínio das técnicas como no modo imperioso de comandar a cozinha). O homem do foie gras, das receitas sofisticadas, primeiro Maître Cuisinier de France na América Latina, faz haute cuisine como poucos. Mas são os pratos simples, como os do Ça-Va, que fazem a gente sonhar em morar pertinho do restaurante.

Quem já provou sua terrine de foie gras aveludada não esquece. Privilégio para poucos. Mas a terrine de campagne (R$ 39), servida num pote de vidro, cabe até num almoço de segunda-feira chuvosa: você vai tirando os pedaços, pega uma fatia de pão de fermentação natural, um mini-picles que os franceses chamam de cornichon…

Steak tartare, clássico do chef Erick Jacquin

Steak tartare, clássico do chef Erick Jacquin Foto: Taba Benedicto/Estadão

Outro clássico imperdível ali é o steak tartare (R$ 85). O chef já publicou sua receita dezenas de vezes (é só fatiar o filé mignon, picar, misturar alcaparras, cornichon, cebolinha e salsinha, temperar com mostarda Dijon, maionese e tabasco). Qualquer um pode fazer. Mas ninguém faz igual. E ainda vêm com batatas perfeitamente fritas…

Guarde lugar para o petit gateau (R$ 28), que ali tem atestado de origem, afinal, polêmicas à parte, foi o chef quem apresentou aos paulistanos o bolinho quente, cujo recheio de chocolate escorre na primeira colherada. 

Petit gateau

Petit gateau Foto: Taba Benedicto/Estadão

A história de Jacquin com o Ça-Va começou quando ele visitou o restaurante para a gravação do programa Pesadelo na Cozinha, em que tenta salvar casas à beira da falência. Antes de o episódio ir ao ar, no entanto, o proprietário, Antonio Carlos Cirelli, morreu de covid. Os filhos pediram ajuda e ofereceram a casa.

Sensibilizado, ele comprou, para evitar que fechasse. Fez ajustes, mas manteve o estilo e a decoração. Tem sido um sucesso. Tomara que a promessa de implantar um cardápio autoral não exclua os clássicos reconfortantes que fazem a gente sair dali querendo voltar.

Serviço

Ça-Va Cuisine de Famille

R. Carlos Comenale 277, Bela Vista.

Horário de funcionamento: 12h/16h e 19h/23h (dom., 12h/17h) 

Delivery pelo iFood

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?

Mais lidas