Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Noma reabre em novo espaço em Copenhague

O chef René Redzepi descreve o novo espaço como uma fazenda urbana; restaurante terá menu sazonal

19 fevereiro 2018 | 20:13 por Redação Paladar

O novo Noma já está de portas abertas. O restaurante que já foi considerado o melhor do mundo quatro vezes foi fechado em fevereiro de 2017 e reabriu na última sexta, 16, em Copenhague, em novo endereço e com novas propostas. Mesmo não estando completamente pronto (o local ainda está em reforma) e depois de ter sua abertura remarcada (a previsão era final de 2017), o Noma recebeu convidados para um meu de frutos do mar. 

O chef René Redzepi descreve o "Noma 2.0" - agora no bairro de Christiania, vizinho ao endereço onde o primeiro restaurante funcionou por 13 anos - como uma “fazenda urbana”. O novo espaço engloba hortas, um complexo de sete edifícios e comporta 40 pessoas para jantar todas a noites. Nos planos ainda estão estufas e salas especiais para carnes e fermentações. As reservas começaram em novembro do ano passado e acabaram em 14 horas. O menu-degustação custa US$ 375. 

 

Our new home

Uma publicação compartilhada por Rene Redzepi (@reneredzepinoma) em

 

 

 

Table 9

Uma publicação compartilhada por Rene Redzepi (@reneredzepinoma) em

 

De acordo com o Eater, o menu será sazonal e acompanhará as estações do ano. Nestes primeiros meses, a cozinha se concentrará nos frutos do mar; depois, em uma "temporada de vegetais", no início do verão dinamarquês; e, no outono, o foco vai para as carnes e caças. Com o novo espaço, Redzepi ntensifica sua vertente locavorista, servindo pratos com ingredientes produzidos dentro do restaurante.  

 

These fish shine naturally like silver #nomaocean

Uma publicação compartilhada por Rene Redzepi (@reneredzepinoma) em

 

 

Darth Vader octopus (octopus cured in beet sirup) #noma2.0 #nomaocean

Uma publicação compartilhada por Rene Redzepi (@reneredzepinoma) em

 

Após fecharem o Noma, Redzepi e sua equipe embarcaram em uma série de viagens de pesquisa em busca de inspirações e intercâmbio de informações para montar o novo restaurante. O restaurante foi aberto em 2003 e, em 2010, foi considerado um dos restaurantes mais influentes do mundo, graças ao foco da culinário local de Redzepi. Durante mais 13 anos, apareceu no topo da lista de 50 melhores restaurantes mundiais várias vezes, recebeu duas estrelas Michelin e trouxe atenção global para a cozinha nórdica. 

Rene Redzepi inaugurá o NOMA 2.0 em Copenhague

Rene Redzepi inaugurá o NOMA 2.0 em Copenhague Foto: Paul van Ken|NYT

 

Ficou com água na boca?