Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Novo restaurante de Erick Jacquin tem pratos clássicos e preços altos

O chef-celebridade francês, jurado do programa Masterchef, investe na cozinha clássica de seu país em sua nova casa nos Jardins

15 de janeiro de 2020 | 17:42 por Danielle Nagase, O Estado de S.Paulo

Salão do Président lembra brasseries francesas, com a cor forte e muitos quadros nas paredes

Salão do Président lembra brasseries francesas, com a cor forte e muitos quadros nas paredes Foto: Gustavo de Moraes

“Eu amo caviar, eu poderia viver só disso”, conta o chef francês Erick Jacquin, enquanto fala sobre os pratos do seu novo restaurante Président, nos Jardins. O cardápio, aliás, traz uma seção só para ele, com destaque para o ovo mexido servido dentro de sua casca, coroado com um montinho das ovas negras de esturjão (R$ 140), opção de entrada. 

O novo restaurante do chef francês esbanja imponência – a começar pelo salão vermelho, cor típica das brasseries, com paredes abarrotadas de quadros, prêmios e objetos de coleção que remetem (ou não) à França, como a primeira edição francesa do Guia Michelin e o cardápio do Le Coq Hardy, restaurante já extinto que marcou a estreia de Jacquin em São Paulo.  

A um canto, a parede está tomada por fotos oficiais de todos os presidentes da história da França, de Napoleão III a Macron. Jacquin tem certa obsessão pela história da república francesa e pela linha sucessória de presidentes – vem daí o nome do restaurante. “Sem história, não há gastronomia”, explica. Seu preferido? Jacques Chirac, pois “sempre gostou de comer e beber muito bem”.

Foto com o chef

Jacquin se divide entre as panelas e as selfies tiradas com clientes, muitos deles, fãs do programa Masterchef. A cozinha, aberta e com piso iluminado, fica sob a batuta de Caio Ottoboni (do extinto Oui). 

De lá, saem entradas como a terrine de foie gras de pato (R$ 160), servida sobre tiras de brioche tostado, e o nhoque de ervilha e vieira grelhada (R$ 140), com creme levemente ácido e um toque de amendoim queimado. 

Caviar tem destaque no cardápio do restaurante de Erick Jacquin

Caviar tem destaque no cardápio do restaurante de Erick Jacquin Foto: Thamilou

A ala dos principais é dividida em “peixes e crustáceos” e “carnes e aves”, na qual dão as caras o steak tartare (R$ 140), especialidade do chef, o magret (peito de pato) com ragu de lentilhas verdes de Puy (R$ 165) e o filé mignon com bacon e molho poivre (apimentado), que chega à mesa acompanhado de cremosa mousseline de batata (R$ 170). 

A degustação, com quatro ou mais pratos (a depender do chef), sai a R$ 680. Novidade, o menu-executivo (R$ 98), servido no almoço de terça e sexta, inclui entrada, prato principal e salada de frutas. 

O creme que recheia o mil-folhas do Président leva um toque de bourbon

O creme que recheia o mil-folhas do Président leva um toque de bourbon Foto: Thamilou

No menu de sobremesas, escolha entre o “verdadeiro petit gâteau de chocolate quente” (R$ 40), outra marca de Jacquin, ou o mil-folhas de baunilha com um toque de bourbon.  

Um conselho: não vá sem, antes, fazer reserva. As mesas andam disputadíssimas, mesmo no horário do almoço. 

Président 

Rua da Consolação, 3.527, Jardins. Tel. 3062-7169. 12h/15h e 19h/23h30 

(sáb. 12h/16h e 19h/23h30; dom. até 16h; 2ª fecha). 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?