Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

O retorno do Obá 

Restaurante de comida tailandesa fechado há dois anos retorna ao delivery

15 de abril de 2021 | 10:11 por Cintia Oliveira, especial para o Estado

Depois de mais de dois anos fechado, o Obá, comandado pelo restaurateur Milton Freitas, está de volta - ao menos no delivery. O restaurante variado, que funcionou por mais de uma década sob o comando do mexicano Hugo Delgado em um ponto da Rua Melo Alves, nos Jardins, ficou conhecido por reunir em um mesmo cardápio as cozinhas tailandesa, mexicana, brasileira e italiana. E o local, também, foi palco de inúmeros eventos e festivais que agitaram a cena gastronômica paulistana. 

Pad thai goong no delivery do Obá 

Pad thai goong no delivery do Obá  Foto: Henrique Peron

Porém, cerca de um ano depois de adquirir a operação, o restaurateur Milton Freitas decidiu encerrar as atividades do restaurante. “Um dos meus arrependimentos foi ter parado com as outras cozinhas e ter apostado só na comida tailandesa. Foi um erro”, lamenta ele. Agora, no auge da pandemia, Freitas viu a oportunidade de resgatar o Obá “raiz”, ao menos no delivery. Para isso, ele conta com o chef Hernandes Bispo de Oliveira, além dos cozinheiros Toninho e Tião, que trabalharam durante anos no Obá e seguiram na equipe do grupo de Freitas, formado por restaurantes como o Antonietta e o Jacarandá. 

Hernandes trouxe de volta alguns clássicos da casa, entre os quais se destaca a sardinha empanada no fubá e servida com arroz, feijão e farofa da casa (R$ 18) e a majestosa feijoada, que é servida às quartas e sábados e chega guarnecida de banana à milanesa, couve com bacon, farofa da casa, arroz e molho de pimenta (R$ 28). Na ala dos pratos tailandeses, brilham sugestões como o pad thai de camarão (massa de arroz com camarão, molhos de tamarindo e de peixe, açúcar de palmeira, moyashi, nirá e amendoim, R$ 69) e  a sikhrong neua kem (costela bovina braseada em açúcar de palmeira com leite de coco aromatizado, coberta com salada de ervas frescas e pimentas, R$ 45).

Já a cozinha italiana, uma das expertises de Freitas, é representada por pratos clássicos, à base das massas frescas produzidas pelo pastifício do Antonietta. É o caso do gnocchi com molho de tomate fresco e manjericão (R$ 32) e o tortellini com recheio de presunto curado, mortadela e lombo de porco, servido com creme de queijo parmesão (R$ 38). E, em breve, serão adicionados ao cardápio clássicos mexicanos do Obá, como os tacos de carnitas, para montar em casa. 

Por enquanto, o delivery está saindo da cozinha do Jacarandá, mas Freitas já está buscando por uma dark kitchen na região de Pinheiros, onde deve reunir todos os deliveries do grupo, como o da recém-inaugurada Padoca do Jaca, especializada em café da manhã. Outra marca que Freitas pretende trazer de volta é o izakaya Taka Daru. Mas a expectativa é reabri-lo, em breve, em um ponto vizinho ao Antonietta, em Higienópolis.   

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?