Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Onde comprar frango assado em São Paulo

O cardápio de almoço do último domingo foi frango assado na casa de todos os jornalistas da equipe do Paladar. Ninguém escapou da ordem: comprar, fotografar, provar e avaliar o frango assado na rotisserie, ou rotissoire, o forno elétrico com espetos giratórios, popularmente conhecida como TV de cachorro.

28 maio 2014 | 21:08 por redacaopaladar

Televisão de cachorro na rotisseria Bologna. FOTO: Tiago Queiroz/Estadão

Com um endereço de compra previamente estabelecido – elegemos os nossos preferidos –, saímos às compras, cada um para o seu lado. Frango em casa, o trabalho foi provar e avaliar – aparência, ponto de cozimento da carne e da pele, texturas e, principalmente, o sabor. O resultado você confere abaixo.

Bem, frango de TV de cachorro faz enorme sucesso em São Paulo e quem costuma comprar sabe que lá pelas tantas ele costuma esgotar. Portanto, para não correr o risco de ficar sem pauta – e sem almoço – os frangos foram encomendados com antecedência. Só acabamos não encomendando na Bikus, na Vila Madalena. Adivinha? Quando chegamos lá o delicioso franguinho tinha acabado.

LEIA MAIS:

Bologna

É fácil de entender o que deu fama a esse franguinho: carne macia, úmida e bem temperada sob a pele dourada e sequinha. O segredo? “É o tempero”, conta Gleusa Ferreira, sócia da casa. Antes de ir para o espeto, passa dois dias numa marinada com água e ervas frescas. À venda diariamente (R$ 23,50).

R. Augusta, 379, centro, 3256-1108

Roma

Do peito às asas, passando por coxa e sobrecoxa, o frango tem carne macia, tempero suave e bem distribuído. A pele poderia ser mais crocante – talvez amoleça por conta da embalagem de plástico para viagem. Pelo preço, R$ 33, a farofa que acompanha poderia ser mais rica, e não com apenas ovos e raras azeitonas.

Felice e Maria

É o frango de TV mais sofisticado da cidade e o mais caro também (R$ 75) – e possivelmente ainda o mais robusto, com as coxas e peitos bem fartos. Recheado com berinjela, tomate, cebola e pinoles, vem com o pirex, embalado numa caixa e escoltado por molho e tomates recheados por farofa. Só por encomenda.

Mercadinho Dalva e Dito

Aos domingos, faz-se fila por este frango. Talvez seja por sua carne firme e bem temperada. Ou então por sua pele crocante, que parece caramelizada. Não encomendá-lo é um bom pretexto para tomar uma caipirinha e comer um bolovo enquanto se espera. É vendido também nos outros dias da semana (R$ 30).

CMN

No fim de semana, a fila está lá, a manhã toda. Mas é ligeira: você paga, pega a senha, entra em outra fila e num instante está com o marmitex de alumínio na mão. O frango de pele tostada (você pode escolher o tom) tem carne suculenta e tempero caprichado. Custa R$ 18, vem com vinagrete e farofa com ovo e linguiça.

Amüse Food Store

O preço pode assustar um pouco (R$ 45), mas, na boca, este frango orgânico compensa. Úmido, com sabor entranhado na carne – leva limão-siciliano e uma suave pimenta –, é capaz de fazer a alegria de um domingo chuvoso em família. Vem junto uma competente farofa de ameixas, incluída no preço.

Casa Cabral

O tempero é básico: marinada com sal e sálvia. Aí ele fica girando na televisão de cachorro e sai estalando e aromático, pronto para ir à mesa. Tem carne macia e pele crocante – e um bom custo-benefício: a peça sai por R$ 28. Mas, no fim de semana, quando é feito, é bom ficar esperto e encomendar, pois acaba rápido.

R. Dep. Lacerda Franco, Pinheiros, 4371-0313

>> Veja a íntegra da edição do Paladar de 29/5/2014

Ficou com água na boca?