Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Onde tomar boas batidinhas de cachaça em São Paulo

Elas podem parecer coisa do passado, mas o fato é que esses drinques com leite condensado ainda marcam presença

04 de fevereiro de 2022 | 05:00 por Cintia Oliveira, Especial para o Estadão

À base de cachaça (por vezes vodca), leite condensado e um ingrediente que confira o sabor, como leite de coco, suco de maracujá ou amendoim, as batidas fazem parte de um rol de coquetéis clássicos que brilharam nos bares brasileiros na década de 1960. Desde então, a coquetelaria nacional avançou muitas casas e o drinque “docinho” e cremoso desceu do topo das paradas.

Batida de morango e leite do Bar da Dona Onça

Batida de morango e leite do Bar da Dona Onça Foto: Mauro Holanda

Mas nem por isso caiu no ostracismo – as batidas seguem marcando presença nos cardápios dos bares e restaurantes. A diferença é que as versões atuais não pesam tanto a mão no dulçor e ganham novas roupagens, sem perder o estilo vintage. A seguir, confira uma seleção de endereços que servem as famosas batidinhas.

 

Bagaceira

O bar, que oferece uma seleção de clássicos de boteco raiz, tem uma ala de sua carta de drinques dedicada às batidas. O bartender Thiago Pereira apresenta sugestões como a batida de coco, feita com leite e polpa de coco, além de leite condensado e cachaça, a de maracujá, com cachaça e açúcar, além da batida de café, com vodca, leite condensado e um toque de flor de sal (R$ 23 cada).

Onde: R. Frederico Abranches, 197, Vila Buarque. 2691-1884. 12h/23h (dom., exceto o último do mês. 13h/19h. fecha 2ª). 

 

Bar da Dona Onça

Instalado no térreo do icônico Edifício Copan, no centro de São Paulo, o endereço comandado pela chef Janaína Rueda tem um cardápio repleto de clássicos paulistanos. Na ala dos drinques, um dos destaques é a batida apelidada de leite de onça, à base de leite de coco, leite condensado, leite em pó e vodca (R$ 14).

Onde: Av. Ipiranga, 200, Centro. 97465-8543. 12h/23h (dom. 12h/17h). Delivery próprio e pelo iFood.

 

De Segunda

Sob o comando do casal de chefs Julia Tricate e Gabriel Coelho, o restaurante de atmosfera descontraída apresenta um cardápio repleto de brasilidades, mas com influência das cozinhas de outros países. E a carta de drinques não poderia ser diferente: traz sugestões como a batida de coco (R$ 25). A versão revisitada tem como base o leite condensado e a cachaça, mas leva leite de coco feito na casa. Ela é finalizada com coco caramelizado, bem crocante, para ir pinçando do copo e comendo enquanto bebe.

Onde: R. Professor Tamandaré Toledo, 160, Itaim Bibi. 3078-2900. 12h/16h e 19h/ 23h (dom. 12h/16h. fecha 3ª).

Moela

Recentemente, o bar de Rômulo Morente, localizado em Santa Cecília, ganhou uma segunda unidade, instalada em uma esquina movimentada de Pinheiros – próxima ao Mercado de Pinheiros. Rômulo é tão fã de batidas que no novo endereço mantém uma geladeira só para elas, elaboradas com cachaça e leite condensado. As batidas de amendoim, de goiaba com mel e de maracujá (essa tem uma versão sem o leite condensado) custam R$ 18 cada.

R. Cardeal Arcoverde, 2.320, Pinheiros. 16h/23h (dom. 12h/18h. fecha 2ª).

Maracujina do Pirajá 

Maracujina do Pirajá  Foto: Vitor Lima

 

 

Pirajá

Inspirado nos botequins cariocas, o bar que pertencente à Cia Tradicional de Comércio (que reúne endereços como Astor, pizzaria Braz e ICI Brasserie) tem uma seleção de batidas no cardápio, à base de cachaça e leite condensado. As pedidas ficam por conta da Maracujina, que combina licor de laranja e maracujá; da batida de coco, com licor e leite de coco, além do fruto desidratado; e da batida de frutas vermelhas, que leva uma dose de Bailey’s, amora, morango e framboesa (R$ 19 cada). Disponíveis também em garrafas de 700 ml (R$ 49 cada), boas para levar para casa. 

Onde: Av. Brigadeiro Faria Lima, 64, Pinheiros. 3815-6881. 12h/23h (qua. 12h/0h. qui. 12h/1h; sex. e sáb. 12h/2h. dom. 12h/ 19h). Delivery próprio, pelo iFood e Rappi.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?

Mais lidas