Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Os vencedores do Prêmio Paladar 2013

Resultado de uma maratona-comilança que envolveu um time de 13 jurados, um mês de visitas a restaurantes e gastos de R$ 70 mil, a 8ª edição do Prêmio Paladar elegeu os melhores pratos da temporada de 2013/2014 de São Paulo.

13 novembro 2013 | 23:05 por redacaopaladar

Com uma festa para 400 convidados, em que estiveram presentes os principais nomes da gastronomia paulistana, a cerimônia de entrega do oitavo Premio Paladar foi realizada na noite desta quarta-feira, 13, na Cinemateca Brasileira, na Vila Mariana.

FOTOS: Daniel Teixeira/Estadão

 Veja a lista de todos os vencedores da temporada 2013/2014 (clicando no nome de cada categoria é possível ver todos os pratos que concorreram a ela):

PERSONALIDADE DO ANO

Ficou com água na boca?

Rodrigo Oliveira, chef dos restaurantes Mocotó e Esquina Mocotó

PRODUTO DO ANO

Queijo da Serra da Canastra

O MENU DEGUSTAÇÃO DE SÃO PAULO

Ovo: Inspiração asturiana, do Clos de Tapas

Charcutaria Artesanal: Frios da casa, do Friccò

Izakaya: Buta no kakuni, do Minato Izakaya

Oriente Médio: Trigo frique, do Manish

Ceviche: Ceviche misto, do Riconcito Peruano

Massa: Raviolotti com carbonara e pinoli, do Girarrosto

Peixe e frutos do mar: Peixe do dia com sofrito e tubérculos, do A Peixaria

Carne bovina: Rabada de boi na panela de pressão, do Attimo

Sobremesa: Abóbora com sorvete de tapioca e espuma de coco, do D.O.M.

FOTO: Felipe Rau/Estadão

BLITZ, o júri relâmpago

Hambúrguer: Classic Burguer, do St. Louis Burger

Lasanha: Lasagna classica bolognese, do Girarrosto

Assado de tira: Assado de tira, Templo da Carne – Marcos Bassi

MELHOR MENU EXECUTIVO

Esquina Mocotó

FOTO: Felipe Rau/Estadão

JÚRI POPULAR

Nhoque: Gnocchi zena, do Zena Caffè

ONDE O CAFÉ É BEM TRATADO

Donostia

Esquina Mocotó

Meats

Maní

Tordesilhas

HOMENAGEM: os pratos mais queridos de São Paulo

Bauru, do Ponto Chic

Beirute, do Frevo

Suflê de queijo gruyère, do Marcel

Picanha, do Dinho’s Place

Pizza Castelões, da Castelões

Bolinhos de arroz, do Ritz

Capeletti à romanesca, do Il Sogno di Anarello

Fraldinha, do Templo da Carne – Marcos Bassi

FOTO: Fernando Sciarra/Estadão

A festa de premiação

O evento foi apresentado pelo ator Dan Stulbach e o primeiro prêmio da noite foi para a Personalidade do Ano: Rodrigo Oliveira, chef dos restaurantes Mocotó e Esquina Mocotó. “Somos muito fãs do caderno. Esse é o prêmio que faltava na nossa parede”, disse o Rodrigo, que ainda subiu ao palco para receber, pelo Esquina Mocotó, o prêmio de melhor menu executivo da cidade.

Chefs de restaurantes pequenos também foram agraciados pelo Prêmio. Cauê Tessuto, do restaurante A Peixaria, vencedor da categoria Peixes e Frutos do Mar, disse ter ficado surpreso ao saber que estava concorrendo. “No ano passado, quando também concorremos, fiquei emocionado com o que escreveram sobre a gente. Somos pequenos, é gratificante receber destaque em uma cidade tão grande, com tanta gente competente, como São Paulo”.

Nesta quinta, 14, além da edição regular do Paladar, circula em São Paulo a revista do prêmio, com todos os concorrentes e vencedores e também um roteiro de restaurantes. Todo o conteúdo também está disponível em uma edição especial gratuita para tablet e no site da Revista Paladar, onde você pode montar seu próprio cardápio com os melhores pratos de São Paulo.

+ OS MELHORES DE SP: conheça todos os vencedores do 8º Prêmio Paladar

Ficou com água na boca?