Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Pipo, de Felipe Bronze, celebra primeiro ano com cardápio novo

Chef que também está à frente no estrelado Oro, no Rio de Janeiro, apresenta menu de pratos leves, frescos e, acima de tudo, divertidos

26 de novembro de 2019 | 18:13 por Renata Mesquita, O Estado de S.Paulo

Felipe Bronze não para! O chef carioca, que já ostenta duas estrelas Michelin no seu Oro, no Rio, comanda dois programas na TV e dois restaurantes e acaba de anunciar, de uma levada só, uma série de novidades no Pipo, seu restaurante mais informal que completa um ano em São Paulo. Bronze trocou o cardápio e apresenta as novidades na próxima semana.

São 23 novos pratos, a maior parte inédita, e mesmo os que permanecem na carta foram modificados, como a costela cozida (R$ 86) por 18 horas em baixa temperatura, antes servida com purê, agora acompanhada de compota de cebola e batatas fritas. Já o cacio e Pipo (R$ 48) está entre as ótimas novidades, é uma combinação de massa feita na casa, cortada grosseiramente, e massa de pupunha servida com espuma de parmesão e pimenta-do-reino. Bem mais leve que a versão original da receita italiana, o cacio e Pipo é perfeito para os dias quentes.

Costela cozida por 18 horas em baixa temperatura, compota de cebola e batatas fritas.

Costela cozida por 18 horas em baixa temperatura, compota de cebola e batatas fritas. Foto: Rubens Kato

Mas o Pipo terá também um menu-degustação, que segue essa mesma linha, com pratos leves, frescos e acima de tudo, muito divertido.

Não espere encontrar nada muito sofisticado ou que poderia estar no Oro. A sequência de nove pratos é feita para compartilhar e o esquema é o seguinte: o preço do menu é fixo e as porções servem bem duas pessoas e até três. O serviço começa com três pratos, entre eles uma panzanella com queijo coalho tostado, pão na brasa, tomate e manjericão.

Em seguida, vêm as friturinhas, coxinha com espuma cremosa de Catupiry, um pastel comprido recheado com banana-da-terra passada na brasa com queijo Pardinho e uma porção de tempurá de vegetais com missô de rapadura, para comer sem parar, acompanhado de uma bebida gelada.

Torta de legumes da brasa, do restaurante Pipo.

Torta de legumes da brasa, do restaurante Pipo. Foto: Rubens Kato

A parte quente ainda inclui um arroz de bacalhau, e a costela cozida longamente, que desmancha no garfo. Fecha a refeição o tal pudim do chef, que ficou famoso pela textura cremosa e aveludada. O menu completo custa R$ 320 e estreia na próxima quarta-feira (4). Há ainda uma versão vegetariana do menu-degustação, com opções como, guioza de cogumelos e arroz com cebolas tostadas e ovo defumado. 

Outra novidade é o menu-executivo. Por R$ 68, é possível escolher entre uma salada ou pizza do dia, uma proteína com legumes ou um arroz. A pedida inclui uma sobremesa, a versão mini do tal pudim, e tem estreia prevista para janeiro. 

Serviço

Pipo

Av. Europa, 158, Jardim Europa.

Horário de funcionamento: 12h/23h30 (dom., 12h/16h30; fecha seg.)

Tel.: 3530-1760

Reservas pelo: pipo.meitre.com 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?

Tendências