Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Pirajá Prainha, um boteco de praia na Rua dos Pinheiros

Casa tem estética dos anos 60 e foco na simplicidade dos bares praianos. Tem petiscos, sanduíches, pratos, três tamanhos de chope e a raspirinha

10 de julho de 2019 | 21:04 por Patrícia Ferraz, O Estado de S.Paulo

Os sócios da Companhia Tradicional de Comércio não param de inventar moda. Desta vez, querem transformar a calçada da Rua dos Pinheiros em um calçadão de praia – e, olha, depois de provar a raspirinha, uma versão de caipirinha com gelo raspado (lembra da raspadinha?), os pastéis, o espetinho de coalho e o milho debulhado servido num copinho com aïoli, no novo Pirajá Prainha, pode ser que você sinta a brisa do mar...

O Pirajá Prainha é uma versão mais simples do Pirajá. 

O Pirajá Prainha é uma versão mais simples do Pirajá.  Foto: Tiago Queiroz/Estadão

O Pirajá Prainha abre nesta quinta (11), em frente à Bráz Elettrica. E as duas casas têm algo em comum, além do endereço. A Bráz Elettrica é a versão jovem, simples e barata da pizzaria Bráz. O Pirajá Prainha é uma versão mais simples do Pirajá.

É um boteco de esquina com estética dos anos 1960 e mesas na calçada protegidas por um toldo azul-marinho. No salão tem uma mesa alta comunitária, mesinhas e uma parede repleta de garrafas com um detalhe bem das antigas que determina a atmosfera do lugar: cartazes amarelos escritos à mão destacam itens do cardápio.

Retrô. Da vitrine de acepipes saem conservas e porções como tremoço, lulas a vinagrete, picles de cebola e um delicioso escabeche de sardinha vêm com fatias de pão francês

Retrô. Da vitrine de acepipes saem conservas e porções como tremoço, lulas a vinagrete, picles de cebola e um delicioso escabeche de sardinha vêm com fatias de pão francês Foto: Tiago Queiroz/Estadão

Tem também, é claro, a parede de azulejos pintada, um clássico do Pirajá – no caso, é a praia de Ipanema retratada pela artista naïf Lucia de Lima. 

Em uma parte do balcão de serviço fica uma vitrine com os acepipes, as conservas e porções como tremoço, lulas a vinagrete, picles de cebola e um delicioso escabeche de sardinha. Eles vêm com fatias de pão francês. 

Para o almoço. Moqueca de frutos do mato, o prato vegetariano

Para o almoço. Moqueca de frutos do mato, o prato vegetariano Foto: Tiago Queiroz/Estadão

São dois cardápios. O do almoço tem o prato comercial – você escolhe o bife à milanesa, filé acebolado ou filé grelhado, vem com dois ovos fritos, arroz e feijão (R$ 38). Os acompanhamentos variam de fritas a pastel. Tem também uma ótima moqueca de frutos do mato, o prato vegetariano (R$ 41), o picadinho (R$ 51), entre outros pratos e petiscos. Às quartas e aos sábados tem feijoada (R$ 46).

O chope é servido em três tamanhos, pequeno (190 ml, R$ 4,90), médio (300ml, R$6,90) e grande (500 ml, R$ 10,90).

SERVIÇO

Pirajá Prainha 

R. dos Pinheiros, 209, Pinheiros

Horário de funcionamento: 12h/15h e 18h/1h (5ª, 6ª e sáb., 12h/3h; dom., 13h/19h).

Ficou com água na boca?