Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Pitico abre dois filhotes vizinhos em Pinheiros: o Mica e o Buraco Quente

As duas novas casas abrem na mesma rua do bar: Mica serve porções de comida asiáticas em um longo balcão; Buraco Quente foca no clássico sanduíche de boteco em diferentes versões

25 janeiro 2017 | 18:29 por Renata Mesquita

Na mesma semana em que o Pitico completa dois anos de vida, os donos do agitado bar a céu aberto inauguram duas novidades na mesma rua, que se tornou reduto boêmio na região do largo da Batata. São o Mica, bar de petiscos e pequenas porções, que começou a funcionar nesta quarta-feira à noite, e o Buraco Quente, uma espécie de balcão virado para a rua que começou a vender o popular sanduíche de boteco há pouco mais de uma semana.

Pão no vapor. Bun de porco com salada de ovo do Mica

Pão no vapor. Bun de porco com salada de ovo do Mica Foto: Daniel Teixeira|Estadão| Tirada com moto z play + Hasselblad

O Mica teria tudo para ser um izakaya, a começar pelo longo balcão de madeira que acompanha a cozinha até o final do salão com apenas 15 lugares, típico de boteco japonês. No cardápio, outra evidência, apenas pratos e porções para dividir, e hashis para prová-las. Mas, apesar de se inspirarem no estilo, os donos vão além e propõem servir comida asiática, com ingredientes de diferentes países.

Assim, tem sanduíche de pão bun com tonkatsu (lombo de porco à milanesa) e salada de ovo , escabeche de sardinha com limão-mirim, e polvo marinado em kimchi (pouco apimentado). Todas as porções são servidas em bowls e saem pelo mesmo preço, R$ 14. Para o almoço, haverá sempre um prato do dia a preço fixo (R$ 29, que ainda inclui uma entrada e uma fruta) , em que podem se revezar o japonês lámen, o tailandês pad thai e o coreano bibimbap, por exemplo.

Ficou com água na boca?

O extenso balcão de madeira do novo Mica

O extenso balcão de madeira do novo Mica Foto: Daniel Teixeira|Estadão|Tirada com Moto Z Play + Hasselblad

Para acompanhar, saem de trás do balcão drinques da bartender Beatriz Coutinho, que incluem ingredientes como wasabi e pera nashi. Cervejas são apenas japonesas e em breve haverá um rótulo tailandês.

Do outro lado da rua, já nos últimos dias era possível encostar a barriga no balcão da pequena porta do Buraco Quente e escolher uma das quatro opções de recheio para preencher o pão francês sem miolo. O sanduíche é item único no minúsculo imóvel, que não tem nem vai ganhar placa.

Por R$ 14 escolhe-se entre o recheio clássico de carne moída bem temperada e o de carne desfiada, o de salpicão de frango e o vegetariano, para comer de pé ou sentado em uma das caixas de madeira que ocupam a calçada. Para beber, saem da geladeira cervejas artesanais, mas a novidade ali é a Pitico IPA (R$ 16), feita em parceria com a Oak Bier, cervejaria vizinha em Pinheiros. Para evitar problemas com troco, a casa não aceita dinheiro, apenas cartão. 

Pão francês sem miolo. O clássico dos botecos da cidade na versão vegetariana do novo Buraco

Pão francês sem miolo. O clássico dos botecos da cidade na versão vegetariana do novo Buraco Foto: Daniel Teixeira|Estadão|Tirada com Moto Z Play + Hasselblad

SERVIÇO

Mica 

Rua Guaicuí, 33

Horário de funcionamento: 12h/0h (fecha seg.)

Buraco Quente 

Rua Guaicuí, 26, Pinheiros

Horário de funcionamento: 18h/1h (fecha seg)

 

Ficou com água na boca?