Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Por aí: Kurâ, um izakaya escondido em grande estilo

Do restaurateur Marcelo Fernandes, casa tem como chef Elson Bento, que passou pelo Aizomê e pelo Rangetsu of Tokyo

22 de setembro de 2021 | 03:00 por Patrícia Ferraz, O Estado de S.Paulo

O izakaya Kurâ saiu da Vila Nova Conceição e reapareceu em Pinheiros. Ou melhor, se escondeu em Pinheiros. Explica-se: a casa do empresário Marcelo Fernandes, dono do Kinoshita entre outros restaurantes, reabriu em uma rua fechada, pertinho do Largo da Batata. O lugar é um oásis com páteo minimalista na entrada, um galpão amplo, moderno, com pé-direito alto, luz natural, fachada de vidro. Tem um sushi bar, mesas bem espalhadas, incluindo algumas em um deck à beira de uma piscina semiolímpica. Não, a refeição não dá direito ao mergulho, a piscina é para uso dos sócios da Associação Cultural Esportiva Piratininga, um clube nikkei de três andares que acomoda no térreo o restaurante, um café e uma quadra poliesportiva fechada (repleta de mesas de pingue-pongue).

O lugar abre para o almoço, happy hour e jantar, com cardápios diferentes. Quem comanda a cozinha é Elson Bento, que passou pelo Aizomê e pelo Rangetsu of Tokyo.

Croquete de salmão com batata, do Kurâ.

Croquete de salmão com batata, do Kurâ. Foto: Daniel Teixeira/Estadão

O menu-executivo de almoço, o teishoku, é a grande pedida: boa comida e bom preço. Começa com salada de folhas, continua com uma dupla de guiozas sequinhos e bem recheados à moda tradicional, missô e gohan. Como principal, você escolhe sushi ou sashimi – são 9 niguiris ou 9 fatias de peixes (R$ 59,81). Se preferir um grelhado de peixe ou carne, o preço do teishoku sobe para R$ 69,81. E para encerrar, fruta do dia. Vale apostar em um extra: o choux cream (R$ 13,81) de Cesar Yukio, que faz as sobremesas do restaurante e do café ao lado.

Opção de combinado do Kurâ.

Opção de combinado do Kurâ. Foto: Daniel Teixeira/Estadão

No happy hour, há porções e combinados quentes, como karaague com cerveja (R$ 39,81), katsu sando com gim tônica (R$ 53,81). Mas tem também shake korokke, o croquete de salmão (6 unidades, R$ 36,81) e tartare de salmão spicy com ovas black (R$ 51,81) entre várias outras opções. O tempurá de camarão é muito bem feito. São três camarões grandes frescos, envoltos em empanado leve, crocante e saboroso (3 unidades, R$ 75,81).

Teppan de filé-mignon, do izakaya Kurâ, em Pinheiros.

Teppan de filé-mignon, do izakaya Kurâ, em Pinheiros. Foto: Daniel Teixeira/Estadão

O cardápio é extenso e variado – e é possível comer bem sem comprometer o salário, desde que você saiba escolher as melhores opções nas diversas seções, que incluem frituras, udon e lamen, grelhados, além de pratos como karê de legumes (R$ 61,81) e buta no kakuni, a pancetta cozida com shoyu e saquê doce, servida com ovo de baixa temperatura e arroz, (R$ 55,81). Sashimis e sushis são mais caros – as duplas de sushi vão de R$ 28,81 (salmão) a R$ 45,81 (atum com foie gras). E o sashimi com 10 fatias custa R$ 79,81. Mais negócio é pedir um combinado. O de salmão e atum, com 21 peças, custa R$ 65,81. Vem com 3 sashimis, 4 uramakis spicy tuna, 8 hossomaki, 4 niguiris e 2 baterá de salmão. A carta de bebidas inclui boa seleção de vinhos, espumantes e uísques.

Novo salão do izakaya Kurâ tem deck à beira de uma piscina semiolímpica.

Novo salão do izakaya Kurâ tem deck à beira de uma piscina semiolímpica. Foto: Daniel Teixeira/Estadão

Izakaya Kurâ

Onde: R. Valério de Carvalho, 63, Pinheiros

Funcionamento: 12h/15h e 18h/22h (fecha dom.)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?