Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Por aí, o retorno: o novo menu-degustação d'A Casa do Porco

Coluna ocupa espaço da extinta Fica aí e passa a avaliar restaurantes presencialmente; restaurante de Janaina e Jefferson foi o escolhido para a reestreia

04 de novembro de 2020 | 03:00 por Patrícia Ferraz, O Estado de S.Paulo

Ninguém precisa de álibi para voltar à Casa do Porco: a comida é especial, o foco no porco torna o restaurante único, os preços são bons, o ambiente divertido e a primeira colocação entre os brasileiros no ranking internacional é um estímulo extra à visita. Mas se você estiver em busca de um novo motivo, eis aqui alguns. Foram eles, aliás, que me fizeram escolher a casa de Janaina e Jefferson Rueda para quebrar o jejum de sete meses longe de restaurantes. Voltei lá na semana passada, na terça-feira 20 de outubro, exatamente 234 dias depois de um (ótimo) almoço no Evvai, no dia 29 de fevereiro. Nesse meio tempo, comida de restaurante, só por delivery.

Café da manhã:  kombuchá de melão, sanduíche de salpicão, pão de torresmo com mortadela, salada de batata e frutas fermentadas.

Café da manhã:  kombuchá de melão, sanduíche de salpicão, pão de torresmo com mortadela, salada de batata e frutas fermentadas. Foto: Taba Benedicto/Estadão

Para começar, agora há reservas -- a partir deste mês, apenas na hora do almoço, mas já facilita a visita. A espera tem sido de uma semana, em média. Outra ótima novidade são as mesas na calçada, 36 lugares ao todo, além dos outros 30 no salão. O passeio em três ruas da vizinhança foi alargado -- além da área de circulação de pedestres, tem também espaço para mesas, guarda-sóis e vasos com plantas. Foi uma ótima experiência. O ambiente ficou realmente simpático, especial para os dias de sol.

Por atum: tartare de atum com porco caldo citrico de presunto cru e flores comestíveis.

Por atum: tartare de atum com porco caldo citrico de presunto cru e flores comestíveis. Foto: Taba Benedicto/Estadão

A Casa do Porco acaba de completar cinco anos. Tive o privilégio de provar em primeira-mão o menu-degustação antes da inauguração do restaurante e desde então experimentei todos os menus, acompanhei as viagens estimuladas pelo porco das mais variadas formas e sotaques. Rueda tem quatro casas na vizinhança (além da cozinha de delivery), ganhou o mundo, recebeu elogios dos grandes cozinheiros da atualidade, juntou colegas brasileiros e estrangeiros na sua cozinha, conquistou prêmios, fez palestras aqui e no exterior (sem esconder que odeia!). Mas, durante a pandemia, achou que era hora de cuidar da alma. Comprou o sítio em que brincava na infância a na sua São José do Rio Pardo natal e tem passado parte da semana ali, às voltas com a produção de orgânicos para abastecer seus restaurantes. Também está construindo uma escola de cozinha caipira, onde pretende receber estudantes do mundo todo.

Morango fermentado, frutas frescas, geleia de casca de laranja, sorbet de kombuchá de limão e mel de cacau.

Morango fermentado, frutas frescas, geleia de casca de laranja, sorbet de kombuchá de limão e mel de cacau. Foto: Taba Benedicto/Estadão

Até dia 15 de novembro coloca em cartaz o novo menu-degustação, com oito etapas. Alguns já estão sendo servidos. O porco continua em todas, mas dessa vez, as frutas do sítio também aparecem frescas, em conservas ou fermentadas, em parceria com o protagonista, que vem de criação própria. Morangos fermentados chegam com telhas de batata doce levíssimas servidas na bandeja de café da manhã, que tem também pão de torresmo com mortadela, salada de batata, consommé e kombuchá. A uva fermentada está no por atum, o prato na linha “mitos e verdades” da temporada, um tartare de atum e porco com caldo cítrico de presunto cru e uvas e beterrabas fermentadas. E até o sushi de papada ganhou a companhia de uma ameixa em conserva.  Enquanto isso, o chef já começa as pesquisas para a série de pratos rio&roça.

Para terminar -- depois do porco a sanzé, a estrela da casa --, o menu traz um prato com frutas frescas, fermentadas e compotas, finalizado à mesa, com mel de cacau. Um primor. 

Serviço

A Casa do Porco - Rua Araújo, 124, Centro. Reservas (11) 3258-2578.Abre todos os dias, no almoço (com reserva) e no jantar pela ordem de chegada. Menu à la carte e menu-degustação, R$ 139. Delivery pelo iFood ou 99679-9315 para retirada no local.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?