Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Quatro vezes paella - para pedir em casa

Seleção traz boas opções de delivery; receita chega servida na caixinha ou na própria paellera

14 de julho de 2021 | 03:00 por Patrícia Ferraz, O Estado de S.Paulo

Guarde essa coluna para usar em uma ocasião especial: paella é um prato de celebração. Ela faz, sozinha, a festa - dispensa companhia, exceto, talvez, algumas azeitonas e fatias de jamón para dar início aos trabalhos. Colorida, cheia de sabor, lindamente adornada por frutos do mar, pimentões e pelo açafrão que empresta nobreza ao arroz bomba espanhol, ela ainda por cima sabe viajar - sempre coberta por duas ou três camadas de papel alumínio, que mantém seu calor. O ideal é pedir o prato perto da hora de comer, mas se tiver que esquentar, não ponha direto no fogo em hipótese alguma, aqueça em banho-maria. Bastam alguns minutos de calor. Quando tirar o alumínio, é só regar com bastante azeite extravirgem. Confira uma seleção de boas paellas para comer em casa.

Na caixinha, opção do La Paella vem com mexilhões, camarões, lulas, vagem e lagostim em caldo de peixe.

Na caixinha, opção do La Paella vem com mexilhões, camarões, lulas, vagem e lagostim em caldo de peixe. Foto: Marcelo Rodrigues/MR Photos

Paella Pepe

É a mais famosa da cidade. Hoje sob os cuidados de Pilar, filha do já falecido Pepe, o restaurante do Ipiranga serve o prato há 22 anos. A paella não segue a receita autêntica, é feita com arroz parboilizado em vez do arroz bomba espanhol, e tem mais arroz que as espanholas - mas é feita sob medida para o gosto dos brasileiros e é uma delícia. Sugiro a Marinera, com peixes e frutos do mar - leva mexilhões, camarões grandes, polvo, lula e lagostim, que poderiam ser um pouquinho menos cozidos para não passarem do ponto no calor da viagem... Pode-se pedir na caixinha ou na paella. Na caixinha, a marinera para duas pessoas custa R$ 149, na paella, o preço é  R$ 285 - e você não precisa devolver a panela. Delivery próprio. A taxa de entrega varia conforme o endereço. Não é preciso encomendar. Pedidos pelo site delivery.paellaspepe.com.br ou pelo telefone 3798-7616.

Marinera, do Paellas Pepe, com peixes e frutos do mar.

Marinera, do Paellas Pepe, com peixes e frutos do mar. Foto: Patrícia Ferraz/Estadão

La Mochina

Quando a vida voltar ao normal e você quiser comemorar chamando uns amigos para comer paella, o Beto Baptista e a Lídia Ramo terão prazer em ir até sua casa preparar a  receita da família dela à vista dos convidados. Enquanto o momento não recomenda eventos, a solução é o delivery -- mas é preciso encomendar com dois dias de antecedência. A mais famosa da dupla é a valenciana, que leva camarões, lula, vôngole, frango e costelinha suína, além de pimentão assado e açafrão. Perfumada e saborosa. Se quiser com arroz bomba é melhor pedir, senão pode ser feita com arroz comum. Custa R$130 por pessoa e a taxa de entrega varia conforme o endereço. Encomendas pelo telefone 98911-9742 ou pelo instagram @lamochina

Paella valenciana do La Mochina leva camarões, lula, vôngole, frango e costelinha e açafrão.

Paella valenciana do La Mochina leva camarões, lula, vôngole, frango e costelinha e açafrão. Foto: Beto Baptista

La Paella

Esse restaurante espanhol da zona sul tem a vantagem de oferecer paella em porção individual e sem a panela, o que deixa a conta mais amigável, R$73,90. Além disso, encomendar direto no restaurante sai 10% mais barato que nos aplicativos iFood, Uber Eats e Rappi. Se você fizer questão da panela, tem de deixar um cheque-caução (que varia conforme o tamanho), restituído na devolução da panela.  Vem com mexilhões, camarões médios, lulas, vagem, lagostim e a base do prato é o caldo de peixe. Para duas pessoas, custa R$ 144,90, na caixinha. Delivery próprio 99413-9073 ou www.lapaella.com.br

Paella marinera, do Tanit, com arroz bomba, açafrão espanhol, camarões, lula e mexilhões.

Paella marinera, do Tanit, com arroz bomba, açafrão espanhol, camarões, lula e mexilhões. Foto: Patrícia Ferraz/Estadão

Tanit

A paella para viagem é novidade no restaurante do chef catalão Oscar Bosch e mereceu uma seção especial no cardápio com o nome  “La Arroceria del Tanit”. Por enquanto, são duas versões - arroz negro com polvo a la plancha, tinta de lula e allioli (R$ 390, para 4 pessoas) e a paella à marinera, com arroz bomba, açafrão espanhol, camarões, lula e mexilhões, que chegam no ponto perfeito. Para finalizar, toques de allioli (R$350, para 4 pessoas). É deliciosa. As encomendas podem ser feitas no mesmo dia, pelo whatsapp do restaurante (94581-9228) exceto nos feriados, quando é preciso reservar com dois dias de antecedência. Retirada no local, com hora marcada - paga-se depósito de R$150 pela panela, restituído na devolução. Rua Oscar Freire, 145, Jardins. 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?