Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Que tal um refresco? Dez endereços especializados em sorvetes artesanais 

Confira uma seleção de sorveterias da capital paulista, que fazem bonito no preparo da sobremesa gelada. 

20 de novembro de 2020 | 05:00 por Cintia Oliveira, Especial para o Estado

Falta pouco mais de um mês para o verão. E com o início da estação mais quente do ano, logo mais será possível declarar aberta, oficialmente, a temporada de sorvetes. Mas o lado bom de viver em um país tropical - onde o sol brilha o ano inteiro - é que sobram ocasiões para saborear uma casquinha. A seguir, confira uma seleção de sorveterias da capital paulista, que fazem bonito no preparo da sobremesa gelada. 

Casquinha da Albero 

Casquinha da Albero  Foto: Albero dei Gelati

Albero dei Gelati

Gelato agrícola. Eis o modo como a gelateria, com sede na Itália, define os seus produtos. A marca, que tem duas unidades na capital paulista (a sede, em Pinheiros, e a filial, nos Jardins), produz gelatos ao modo italiano, mas com base em ingredientes locais - muitos deles vindos de produções agroecológicas. Os sabores variam muito, mas as pedidas ficam por conta de gelatos como o de chocolate com cachaça, do queijo Canastra com mel e castanha de caju e o de spirulina verde (uma espécie de alga) com infusão de flores (R$ 12, o pequeno; R$ 18, o médio; R$ 24, o grande; R$ 24, 200g; R$ 42, 400g; R$ 50, 500g). 

Onde: R. Joaquim Antunes, 391, Pinheiros. 95824-3818. 12h/20h (6ª a dom. 10h/22h). 

Baobá 

Inaugurada no início do ano, a loja oferece uma seleção de sorvetes artesanais, que são elaborados praticamente do zero. O doce de leite, por exemplo, fica apurando em fogo baixo durante dois dias. Depois, é utilizado em sabores como o doce de leite mesclado (R$ 12,50, o pequeno; R$ 15, o médio; R$ 17,50, o grande; R$ 14,50, a casquinha pequena; R$ 17, a casquinha grande, R$ 39, 550ml), que é um dos carros-chefes da marca. A vitrine também ostenta uma linha de sorvetes veganos, à base de leite de castanha de caju, além de sorbets como o de mexerica.   

Onde: R. Peixoto Gomide, 1078, Jardim Paulista. 3251-1408. 12h/18h (sáb. e dom. 12h/18h45) 

Facahda da Baobá 

Facahda da Baobá  Foto: Baobá 

 

Davvero 

Sob o comando das irmãs Suelen Ferrari e Débora Tesoto, a gelateria, que tem cinco unidades na cidade, apresenta uma linha de gelatos artesanais. A vitrine reúne sugestões como frutas vermelhas, doce de leite, além do cheesecake, à base de cream cheese, o biscoito de castanha que é servido sobre os gelatos da casa, além calda de amora com morango e framboesa (R$ 14, o pequeno; R$ 16, o médio; R$ 18, o grande; R$ 58, 500g; R$ 92, 1kg). Já as casquinhas artesanais (R$ 16, a pequena; R$ 18, a média) podem ganhar um recheio de calda de chocolate belga ao leite (R$ 23). 

Onde: R. Pais de Araújo, 129, Itaim Bibi. 3881-6552. 11h30/22h.

Sorvete frutas do bosque, da Davvero 

Sorvete frutas do bosque, da Davvero  Foto: Davvero 

 

Frida & Mina 

Inaugurada em 2013, em Pinheiros, a badalada sorveteria ganhou uma filial, recentemente, na Rua Ferreira de Araújo. Entre as sugestões assinatura da vitrine, vale destacar os sorvetes de laranja com biscoito de castanha de caju e o de mirtilo com doce de limão-siciliano (R$ 12, 1 bola; R$ 18, 2 bolas; R$ 24, 3 bolas). Para evitar aglomeração, aos finais de semana só é possível adquirir embalagens para viagem (R$ 48, 600g)

Onde: R. Artur de Azevedo, 1147, Pinheiros. 2579-1444. 12h/20h.  

Casquinha com sorevte de laranja com biscoito de caju

Casquinha com sorevte de laranja com biscoito de caju Foto: Frida & Mina

 

Froid 

A sorveteria comandada por Thiago Lima (Bao Bar) e Diego Silva, responsável pela produção e criação dos sabores, abriu em junho e ostenta uma vitrine com sorvetes repletos de brasilidade, como o de cupuaçu com chocolate branco. Entre as opções veganas, que correspondem a metade da linha de sobremesas geladas, as pedidas ficam por conta do sorvete de castanha de caju trufado e o sorbet de frutas vermelhas (R$ 10, 1 bola; R$ 16, 2 bolas; R$ 22, 3 bolas; R$ 45, 800 ml).

Onde: R. Jesuíno Pascoal, 39, Vila Buarque. 2638-5381. 12h/ 19h (dom. 12h/ 18h. fecha 2ª e 3ª). 

Vitrine Froid 

Vitrine Froid  Foto: Froid 

 

Gelato Boutique 

Comandada pela chef gelatiere Marcia Garbin, a marca, que tem duas unidades na cidade, apresenta uma seleção de gelatos autorais, que são elaborados com ingredientes locais e de pequenos produtores. Um de seus sabores assinatura é o caffè-lime, à base de limão e café espresso (R$ 13, casquinha ou copinho pequeno; R$ 15, casquinha ou copinho médio; R$ 18, copinho grande). Também faz sucesso o baked alaska, à base de pão de ló, gelato e merengue italiano maçaricado (R$ 24). Em dezembro, está prevista a inauguração de uma nova unidade, em Pinheiros.  

Onde: R. Pamplona, 1023, Jardim Paulista. 3541-1532. 12h/17h30 (sáb. e dom. 13h/19h). 

Baked Alaska da Gelato Boutique 

Baked Alaska da Gelato Boutique  Foto: Gelato Boutique

 

Le Botteghe di Leonardo

Com três lojas na capital paulista, a marca com sede na Itália apresenta uma linha de gelatos produzidos a partir da preceitos da gelateria italiana. Na vitrine, é possível encontrar clássicos como pistache siciliano e stracciatella de amarena (à base de sorvete fiordilatte e calda de cerejas), além de sabores à base de produtos locais. É o caso de sorbettos de cambuci, cupuaçu e de caju.   

Onde: R. Oscar Freire, 42, Jardim Paulista. 2528-2000. 13h/21h (6ª e sáb. 13h/22h. dom. 12h/ 21h). 

Sorvete de pistache siciliano

Sorvete de pistache siciliano Foto: Le Botteghe di Leonardo

 

Pine Co. 

O foco da marca, comandada pelos irmãos Daniel e Raphael Lee, são os gelatos produzidos a partir de técnicas italianas, mas com um toque de criatividade. A vitrine reúne sabores que vão desde a versão gelada do clássico tiramisù, elaborado com mascarpone, café, zabaione e bolacha champagne, até sugestões como o brownie de chocolate com caramelo salgado (R$ 12, o copinho pequeno; R$ 13, a casquinha; R$ 14, o copinho médio; R$ 17, o copinho grande; R$ 39, 470 ml; R$ 59, 600 ml; R$ 89, 1,2 L).   

Onde: R. Mateus Grou, 140, Pinheiros. 12h/19h (6ªa dom. 12h/21h; fecha 2ª).  

Vitrine Pine & Co. 

Vitrine Pine & Co.  Foto: Thays Bittar

 

Pinguina 

Localizada na Vila Madalena, a sorveteria que abriu as portas em abril do ano passado oferece uma seleção de produtos elaborados sem bases prontas ou aromatizantes - tudo é feito com ingredientes naturais. Entre as sugestões do cardápio, brilham sabores como manga com gengibre, três limões (limão tahiti, siciliano e cravo), além do sorvete de flor de laranjeira com amêndoas (R$ 10, 1 bola; R$ 15, 2 bolas; R$ 30, 50o ml) 

Onde: R. Medeiros de Albuquerque, 337, Vila Madalena. 98122-6493. 12h30/19h (dom. 12h30/18h; fecha 2ª). 

 

 

Walnuts 

Discípula do mestre sorveteiro Francisco Sant’Ana, da Escola Sorvete, a confeiteira Mariana Paschoarelli apresenta nos dois endereços da Walnuts (a filial fica na Vila Clementino) uma linha de sorvetes elaborada com produtos naturais e sazonais. Entre os sabores que se revezam na vitrine, destaque para o de café com cardamomo e nibs de cacau e o de bolo de cenoura mesclado com calda de chocolate (R$ 10, 1 bola; R$ 14, 2 bolas; R$ 36, pote com 500 ml). Já o de flocos de cookies é um sabor fixo do cardápio.   

Onde: R. Morgado de Mateus, 195B, Vila Mariana. 5082-1824. 12h/19h30

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?

Tendências