Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Restaurantes da capital e do litoral servem pratos com peixes pouco conhecidos

Restaurantes participam da Slow Food Week para incentivar consumo de peixes pescados de forma sustentável

24 abril 2015 | 19:02 por carlaperalva

Quatro restaurantes da capital e dois no litoral paulista participam da Slow Fish Week, que começa neste fim de semana e vai até o dia 9 de maio. Durante o evento, as casas incluem em seus cardápios um prato exclusivo, feito com peixes pouco conhecidos e pescados em condições sustentáveis.

O Slow Fish é um dos braços do movimento Slow Food. Seu objetivo é incentivar o consumo de peixes pescados de forma não-predatória, dentro de seus ciclos naturais de reprodução e que não corram risco de extinção. Para isso, atua com comunidades pesqueiras e chefs para divulgar boas práticas e o conhecimento de espécies menos conhecidas e valorizadas. Muitas delas compõem a chamada mistura, peixes pegos pelas redes da pesca de arrasto que são normalmente descartados.

Guaivira. Está em todo o litoral e atende por um monte de outros nomes. FOTO: Clayton de Souza/Estadão

Em São Paulo, participam Amadeus, da chef Bella Masano, com ensopado de abrótea ou prejereba com lulas e mariscos servido em panela de barro (R$ 79); Suri, de Dagoberto Torres, com tiradito de peixe espada com salsa verde e cebolinhas assadas (R$ 26); Varanda, em sua unidade no Jardim Paulista, com escabeche de peixe como entrada e sororoca ou corvina marisqueira acompanhada de risoto de moqueca capixaba como prato principal (R$ 75 o menu com os dois pratos); e Café Aprendiz, com receitas que variam de acordo com o dia, como o quibe de peixe com nozes e coalhada seca (R$ 28,90, às quartas) e o escondidinho de peixe (R$27,90, às sextas).

LEIA MAIS: 

Peixes diferentes: venda-os se for capaz

Não tem peixe fresco em São Paulo

Pescado com muito carinho

Em Santos, o restaurante Guaiaó serve um menu-degustação de cinco etapas – entre elas, peixe perna-de-moça ao molho de maçã verde e erva-doce, feijão manteiguinha com aroma de cogumelos e cenoura confitada na manteiga de garrafa – por R$ 149. E em Camburi, o Taioba Gastronomia, do chef Eudes Assis, prepara o PF caiçara, por R$ 28, com carapau empanado na farinha de fubá, arroz de taioba, pirão e banana assada.

SERVIÇO – Slow Fish Week

Quando: de 26/4 a 9/5

Onde:

Amadeus – Rua Haddock Lobo, 807, Cerqueira César, 3061-2859

Café Aprendiz – Rua Belmiro Braga, 186, Vila Madalena, 3819-1035

Suri – Rua Mateus Grou, 488, Pinheiros, 3034-1763

Varanda Grill – Rua General Mena Barreto, 793, Jardim Paulista, 3887-8870

Taioba Gastronomia – Rua Tijucas, 55, São Sebastião – SP, (12) 99774-6686

Guaiaó – Rua Dom Lara, 65, Boqueirão, Santos – SP, (13) 3877-5379

Ficou com água na boca?