Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Restaurantes Fasano são comprados por R$ 53 milhões

A incorporadora e administradora de shopping centers JHSF vai ampliar a parceria com o empresário Rogério Fasano, com quem mantém uma sociedade desde 2006 no ramo hoteleiro. A empresa que já tocava o negócio de hotéis da marca Fasano vai controlar, a partir de agora, os 13 restaurantes que até então pertenciam à família de Rogério.

23 junho 2014 | 15:52 por redacaopaladar

A transação, divulgada nessa sexta-feira, 20, inclui a aquisição de todos os restaurantes num valor de R$ 53 milhões. Rogério Fasano continuará à frente dos negócios. “Como ele é sócio da empresa que vai comprar os restaurantes, a Hotel Fasano, na prática, vai aumentar sua fatia nesses empreendimentos”, diz uma fonte próxima à incorporadora. “A família Fasano deixa a operação, mas Rogério continua.”

O acordo também prevê também a exploração da marca “Fasano” em qualquer ramo de atividade econômica.

Rogério Fasano. FOTO: Filipe Araújo/Estadão

Para lembrar. A parceria entre Rogério Fasano e a construtora JHSF começou no fim de 2006, quando o grupo controlado pela família Auriemo comprou 50% da participação que o empresário João Paulo Diniz, filho de Abilio Diniz, ex-dono do Pão de Açúcar, tinha nos restaurantes e hotéis da grife Fasano à época. O Fasano mostrou-se uma opção interessante para a JHSF, uma vez que a relação entre as duas famílias já eram próximas e o negócio combinava com o perfil da construtora.

Rogério, que deu prosseguimento aos negócios de sua família, que chegou ao Brasil no início do século passado, fez o nome Fasano ganhar relevância.

O primeiro hotel com o nome da família foi fundado em 2003. Hoje, a rede inclui empreendimentos em São Paulo, Rio de Janeiro, Punta del Este e Boa Vista. A empresa tem atualmente três projetos em andamento, em Salvador, Trancoso e Belo Horizonte.

/ com informações da Agência Estado

Ficou com água na boca?