Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Sorveteria do Centro, dos Rueda, abre com festa na rua

Do ladinho da Praça da República, a sorveteria é o quarto empreendimento de Jefferson e Janaína Rueda e tem sorvetes assinados por Saiko Izawa

30 maio 2018 | 19:32 por Patrícia Ferraz

Sabe aquele sorvete soft que você anda vendo cada vez mais por aí? Pois ele não tem nada a ver com o soft que Saiko Izawa está fazendo na Sorveteria do Centro, nova empreitada dos Rueda, que abre nesta quinta (31). E nem poderia. Ela faz tudo do zero, em vez de comprar a massa pronta como a maioria. Usa ingredientes frescos, não usa corantes nem aromatizantes artificiais e faz na casa até os cones coloridos para servir o sorvete.

Sorvete com porcopoca

Sorvete com porcopoca Foto: Valéria Gonçalvez|Estadão

 

A sorveteria é minúscula. São 14 metros quadrados ao todo, incluindo a ala de preparação onde estão as duas máquinas italianas da Carpegiani, que fazem o soft, e a ala do atendimento, apenas um balcão para o cliente fazer o pedido, pagar e retirar.

O menu está na parede externa. São três tipos de sorvete. Os de fruta tem água na base, os demais, leite. O básico (R$ 8) tem sabores que incluem leite (feito com baunilha natural); morango; leite e morango; jabuticaba e, em homenagem às festas juninas, milho verde. 

Ficou com água na boca?

LEIA MAIS:

+ Jefferson Rueda abre casa de hot-dog no centro

+ Eu sou o hot-dog da nova geração: cachorro-quente paulistano em evolução

Há também os sorvetes compostos (R$ 12) – e é aí que começam as brincadeiras de Jefferson Rueda e Saiko. A combinação de leite, bacon, chocolate e porcopoca (foto acima) foi sugestão de seguidores do chef no Instagram. Tem também leite com chocolate, farofa e toffee; milho verde com caramelo, broinha e paçoca; jabuticaba com mochi, suspiro, chia e poejo. Por fim, há três opções alcoólicas (R$ 18), entre elas jabuticaba com cachaça da Lage.

“A ideia é variar os sabores, fazer umas brincadeiras sem deixar de lado os sabores da roça – já tem paçoca, milho, cachaça, porco...”, diz o chef. A criação dos sabores é responsabilidade de Saiko, parceira do chef na empreitada e que foi eleita a melhor confeiteira da América Latina no ranking do 50 Best.

Saiko Izawa, a responsável por criar os sorvetes da casa

Saiko Izawa, a responsável por criar os sorvetes da casa Foto: Valéria Gonçalvez|Estadão

 

A Sorveteria do Centro é a nova casa dos Rueda. Mas a próxima já está a caminho: será um bar, com ênfase nos embutidos artesanais do chef. Vai funcionar no imóvel ao lado da sorveteria, que já foi ocupado pelo restaurante Marcel. A casa já está sendo preparada para acomodar o bar, que tem previsão de ser inaugurado até o fim do ano. Será o quinto negócio do casal, que já tem o Bar da Dona Onça, A Casa do Porco, o Hot Pork, a Sorveteria do Centro e não pensa em parar. Sorte dos paulistanos, que têm cada vez mais motivo para ir ao Centro.

SERVIÇO

Sorveteria do Centro

R. Epitácio Pessoa, 94, República

Horário de funcionamento: 12h/23h.

Ficou com água na boca?